E para rematar (ainda o dia de ontem, aquele onde tudo se estragou numa fotografia)

O Governo. Fodeu-se, e não há outra maneira de escrever isto.

O resto, não sendo o que digo não anda muito longe do que penso: luis m. jorge.

Ide lá ler, também tenho umas teorias conspirativas tipo a bófia fez de propósito, molhados, mas é poesia a mais para uma sexta-feira de primavera.

Comments

  1. palavrossavrvs says:

    Não vale a pena dramatizar, JJC: o Governo pode foder-se as vezes que tiver de se foder. Não se compara com as vezes que fomos fodidos por Governos e muito menos com o luxo a que nos temos dado nesse departamento, sobretudo desde há quinze anos de fodas socialistas… aliás, irrepetíveis. Não há mais dinheiro para fornicar o nosso juízo e ir depois sossegadinhos para os coitos que realmente lhes importam com o BES, Mota-Engil, Martifer,Tudo o que Estiver a Jeito e quiser vir à Grande Gamela do Estado. LOL

    O Luís M. Jorge é um dos meus bloggers favoritos e já desde quando fazia O Franco Atirador, está muito para além da discordância. Agora que toda a Esquerda anda milenarista, fim-do-mundista, escandalizada com qualquer coisa, como se tivesse descoberto a nudez geral da Nação, ainda não descobri se é mesmo de Esquerda. Ele diz que é. Deve ser. Se for, eu também sou.

  2. palavrossavrvs says:

    Que é que se pode esperar da Ana Sá Lopes senão a narrativa do fim do mundo segundo a Laranja?!

  3. Dani Silva says:

    Aquilo era a bófia em greve, se calhar até foram eles que tiraram a fotografia que apareceu em 10 blogues passados 20 minutos.


  4. Dramatizar? mim? caracoles, ontem passei a correr pelos meus filtros internacionais e a fotografia estava lá, nos periódicos do mundo, a coisa greco-lusa, a final do nosso europeu de futebol, versão os únicos bem comportados ainda são os irlandeses.
    Se quiseres, dito de outra maneira, um chui genial fez mais estragos ontem que o arménio e todos os sindicatos da bófia poderiam congeminar a vida inteira.
    O resto, meu caro, é panela de pressão com válvula entupida. Vai sair mais Maria da Fonte que 1 de maio de 74? ai pois vai, quem a cozinhou, os queridissímos partidos do regime PCP incluído, depois peçam o livro de reclamações, se ainda tiverem tempo e lhes deixarem uma caneta para escrever.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.