Crime, diz ele

Perante o vídeo que demonstra inequivocamente que tudo no Chiado começa com uma carga policial completamente desproporcionada, logo ilegal, Diogo Duarte Campos mete os galões de advogado e diz que um crime é sempre um crime. Pois é. Assim a correr até eu, que desisti de Direito e seus dogmas sebenteiros, vejo vários crimes: abuso de autoridade, violação da liberdade de imprensa, agressão, e…

“Todos têm o direito de resistir a qualquer ordem que ofenda os seus direitos, liberdades e garantias e de repelir pela força qualquer agressão, quando não seja possível recorrer à autoridade pública”

Diogo Duarte Campos faltou à aula de Direito Constitucional que tratou do artigo 21º. Só pode, que mesmo a cegueira da direita na defesa da polícia (ou seja, do velho tríptico Deus Pátria Autoridade) em toda e qualquer circunstância, não justifica tanta cegueira. E estão com azar: o único detido acaba de ser absolvido. Pelo tribunal, a quem compete, ou o julgamento deveria ter sido feito pela PSP?

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    A violência está de tal forma generalizada que agora acbo de ouvior menino de Coimbra presidente da Associação de Estudantes a condenar a violência que grassa nas PRAXES – Qundo em cada ano os meninos das faculdades do bairro (duas) passam rua abaixo bêbados e aos gritos e a desrespeitar os moradores, lamento tanta LIBERDADE – uma vez perguntei a um dos meninos a dizer alarvices e ordinarices, porquê – coitados dos meninos que já aos 18 anos ultrapassam todas as barreiras embora aceite que a praxe é importante – também fui praxada – mas agora é-se vioilentado – viva a SUPERBOCK

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.