Aldrabões

O Expresso tem um simulador para o orçamento geral do estado. Ideia interessante, sem dúvida. Vai um cidadão para cortar na despesa, atirando-se ao Ministério dos Juros da Dívida, e dá com isto:

Não é possível editar o valor dos Juros da Dívida Pública uma vez que depende da negociação com os nossos credores.

Desconhecia que estes juros tenham sido negociados. Quanto a um simulador que não simula, o não há alternativas em forma de jogo viciado, estamos conversados.

Comments

  1. Alberto says:

    É mais demonstrativo da honestidade o facto de, em tanta despesa, apenas olharem para os compromissos já assumidos há décadas com a dívida pública e recusarem-se a todo o custo olhar sequer para a hipótese de rever o orçamento dos ministérios. É sinal que realmente existem por aí aldrabões, e não estão só no governo.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.