Águas paradas: o consenso alargado

passos coelho miguel macedo vitor gaspar miguel relvas governo consenso politicoCavaco Silva, o chefe de gabinete de Passos Coelho, aproveitou o seu discurso nas comemorações do 25 de Abril para explicar que o país, graças ao governo, está melhor, apesar das “consequências gravosas”, o que poderia ser engraçado, se não fossem as consequências, e poderia ser inteligente, se fizesse algum sentido um país estar bem, quando os cidadãos estão mal.

Nada que espante naquele que José Saramago, simpática e eufemisticamente, designou como “génio da banalidade”. Hoje, para não destoar, Cavaco, procurando atrair o PS para o reino da troika, lembrou a importância do “consenso alargado”, uma expressão vazia do politiquês, a única língua que Cavaco sabe falar.

Curiosamente, caberia a Carlos Abreu Amorim criticar, involuntariamente, o consenso alargado que subscreveu. Na realidade, o deputado do PSD lembrou que, ao fim de 39 anos de democracia, houve “um falhanço objectivo de todos, mas todos os governos constitucionais”. Depois de 39 anos, em que os mesmos partidos têm estado, alternadamente, em quase todos, mas quase todos os governos constitucionais, que sentido faz o país continuar a ser governado pelos mesmos que foram todos, mas todos, responsáveis pelo desperdício de democracia?

O consenso alargado é o outro nome da paz podre, é o eflúvio pestilento das águas paradas, é a manutenção de um paludismo que não há maneira de ser erradicado.

Comments


  1. jawohl Herr Präsident

  2. Dora says:

    Viele Grusse aus Lissabon City!
    Senden Ihnen Aníbal, Coelho und Gaspar
    Oh, das Volk ist hier ganz phantastisch
    Wir rauben und rauben und liegen am Strand.

  3. António Fernando Nabais says:

    Vocês desculpem, mas não admito que venham para aqui insultar-me! Além disso, não percebo nada do que escreveram.

  4. Dora says:

    Tradução livre:

    Heil, Merkel!

    Beijocas aqui de Lisboa do Aníbal, Coelho e Gaspar.

    O povo aqui é fantástico

    Nós continuamos a ir-lhes aos bolsos

    E depois vamos vamos à nossa vida. O Aníbal, assessor adjunto do 1º, manda-vos umas anonas e uma foto de vacas encantadas com a ordenha automática; o Coelho (assessor adjunto do Gaspar) está na praia com a família e o Gaspar (propriamente dito) continua de cócoras a falar com o Wolfgang ( o Schäuble).

    Marques Mendes ( ministro sem pasta)


  5. und pasteis de nata sehr gotisch !

    tradução : e basear o crescimento da economia portuguesa nas exportações é a melhor piada deste princípio de século


  6. Cavaco e Sócrates as duas fases da mesma moeda que não pesta .
    Eles não prestam para nada , apesar de não gostar nada do depra-vado e corrupto Socartes creio que o Cavaco é muito pior , foi ele
    que escavacou o País todo e continua a permitir fazê-lo , como per-
    mitiu no tempo do Sócrates .

  7. celesteramos.36@gmail.com says:

    A xatice é que esses congressos devem custar para burros e lá estão os burros de sempre a pagar os faz-de-conta – já bastavam as swapps – mas como raio se escreve ?’ tanto faz


    • Cavaco não presta para nada , julga que os outros são todos
      burros e que ele é único inteligente , mas que nem um burro .
      É um fraco economista , um grande golpista , chefe duma qua-
      drilha , o padrinho da Corrupção , sobretudo bancária , e é um político pior que trazer por casa .
      Sei que por causa dele fiquei com toda minha lixada , estou na
      MISÉRIA , mas espero que ele e seus acólitos me as paguem ,
      apesar de ter apoiado o PSD como ninguém , sobretudo no tempo do famigerado cavaquismo , que escavcou este País . Ganhou eleições muito à minha custa e por causa disso fui
      perseguido pelos Comunistas Estalinistas da Câmara Munici-
      pal de Almada .
      Não lhe devo nada , nem ao PSD , mas o Cavaco deve-me
      tudo e ainda não não fez contas comigo , nem me pagou nada , a não ser desgraçar toda a minha vida .
      Estou farto de lhe escrver para me pagar o que me deve .

  8. celesteramos.36@gmail.com says:

    Não se trata de novos cortes diz o ministro de cabelo branquinho com ar tão sério e esclarecedor – trata-se de medidas substitutivas (isto diz-se ou há vocábulos novos a que eu estou desatenta?? O que me preocupa é a prisão “ilegal” de Isaltino” e quanto aos meninos de Vale de Milhaços que um instrutor de futsal fez maldades criminosas – e 5 colegas de escola de 14-16 anos imitaram o que se passou com os indianos que violaram colegas na camionete – pois quem disse que se importa cada vez menos bens “lá de fora” ? e em Vilar Formoso apreenderam-se bocadinhos de droga no valor de meio milhão de euros e irão ser presentes no tribunal de Almeida – e incêndios no centro de Matosinhos – enquanto algo arder é porque há coisas …. ainda ++ o sobe e desce dos combustíveis e desvalorização face ao dólar – na India um hospital desabou e em Moscovo também aconteceu algo que ardeu num hospital psiquiátrico e 38 morte imediata e as janelas com grades de ferro – 12 mil mortes só em edifícios morreram em 2012 na Rússia – e em frança um jovem com perturbações mentais matou 3 meninos e possui armas proibidas – não é só nos USA pois os vírus andam a contaminar o mundo de que ouvimos falar e em Madrid a polícia anda à cacetada aos manifestantes de rua e dos 29 feridos 14 são polícias – o dinheiro que se gasta em gasolina para carros de polícia e em cassetetes – na India desabamentos de edifícios mal construídos e ilegais – USA têm a certeza de uso de armas químicas na Síria diz Chuck Hegel dos Usa – o mundo está delicioso e bom para “turismo de guerra” ++ 100 mil mortos em 26 abril 1996 em Chernobil assinalam aniversário com cravos vermelhos – Equipe da BBC passou clandestinamente a fronteira da Coreia do Norte à 1 h da manhã de hoje (agora já) passará na SIC a reportagem – os guias da Coreia não querem que os reporters fotografem a pobreza – Claro que tenho a alternativa de ver telenovelas portuguesas e brasileiras em 4 canais e até estranho nem haver futebol – Bem faltam 15 minutos para ver a reportagem da BBC sobre a Coreia – E em Boston diz-se que o mesmo menino do atentado planeava também uma bomba em NY na Times Square (diz-se) – Mas a nova ministra do desporto da Venezuela é atleta olímpica de esgrima e com o curso de medicina dentária. Entretanto como agora por aqui se usam lenços gigantescos de verão ou inverno à volta do pescoço, tanto Jeremy Irons como a ministra da Venezuela ou as minhas vizinhas o usam em sort de moda global – Mas o mais interessante é ter visto ontem vizinha de mais de 50 anos com a maior das descontracções exibir shorts tão short como os meninos da geração Y – Ai que sou muito puritana mas para estar à altura da moda vou ver se compro uns – S. Miguel com derrocadas devido a chuvadas ++ Curso de Durão Barroso com 8 disciplinas com Cadeiras à Relvas (gosto desta) – a voz do PR foi capturada pelo governo – Passos convida PS para reunião – John Le Carré sem esperança pelo mundo em que os netos irão viver e o eternamente Seguro diz a mesma coisa (para não esquecermos a sua originalidade ??) e há sempre alternativas
    Sócrates não vai ao XIX confresso PS – um senhor entrevistado na rua diz que só houve dois bons 1º ministros e um deles é Sócrates – ai tanto elogio dos companheiros PS incluindo Almeida Santos – segue sicnoticias.sapo.pt – morreu aos 81 anos o country singer GeorgeJones Why baby why ??


  9. Cavaco não presta e tem imensos defeitos ele que pague o que me deve .

Trackbacks


  1. […] Cavaco, que tem muitos defeitos mas não os suficientes para ter feito o que Sócrates nos fez, também pode ter razão. E tem. É normal. Não é preciso ficar melindrado, frequentadores monopensantes dos Fora Radiofónicos em Portugal! O PS dos Mal-Fodidos não gostou do que Cavaco disse? Temos pena. Os donos morais do Regime têm de aprender a encaixar algumas verdades amargas. Agora em Congresso preferem encharcar o ambiente com a lama da demagogia e a banha da cobra do crescimento e do emprego, como se, à conta de parecerem bonzinhos [sim, Lello é bonzinho!] e muito sensíveis [ó, sim, ASS é sensibilíssimo!], e à conta de instarem muito prementemente a que é preciso eleições antecipadas, isso mudasse uma vírgula que fosse à Política de ‘Washington’, isto é, de Berlim. A formiga não faz trepidar a montanha. E não imagino Seguro a agarrar Merkel pelos colarinhos e a dizer-lhe: «Ouve lá, ó minha puta, em Portugal vamos para eleições antecipadas, depois de raptarmos e torturarmos o Presidente Cavaco para que no-las agende. Percebes?! O PS dos PEC I, II, III e IV, voltou. Voltará a ser Governo com 27%-30% dos votos ou menos. Limpinho. Paras com a austeridade ou não?!» […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.