O Jogo e o Expresso abandonam o acordo ortográfico…

Expresso 652013

… e continuam a aplicá-lo: auto-regulação, *autorreguladora, sector, *setor, direcção, *direto, *extração, pára, *abril, *maio ―  enfim, o costume.

Falta muito pouco para celebrarmos, com pompa e circunstância (já agora, permitam-me), os três anos de adopção do AO90 no Expresso… Perdão, da tentativa de adopção do AO90 no Expresso… Peço desculpa, vou reformular: da não adopção do AO90 no Expresso… Não, não era isto. Outra vez, agora sim… Não. Já chega.

Pois é, falta O Jogo… Pois, não é fácil. Mas, isso, já sabemos.

Post scriptum: Não sei quem vai representar a Associação de Professores de Português, depois de amanhã, em audição na Assembleia da República. Se for a Dr.ª Edviges Ferreira, espero que os senhores deputados lhe perguntem:

1. Se já leu o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, nomeadamente o ponto 4.3 da Nota Explicativa, porque:

a) no ponto 4.3 da Nota Explicativa, lê-se «Egito (sem p, já que este não se pronuncia)»;

b) na opinião da Dr.ª Edviges Ferreira, que “tem feito várias acções de formação sobre o AO” e quer penalizar os alunos que escreverem com a “antiga grafia”, «se disser Egito escreve sem ‘p’, mas se disser Egipto  escreve com ‘p’».

2. Se, não tendo ainda lido o AO90, considera que tem condições quer para sobre ele fazer “várias acções de formação”, quer para sobre ele se pronunciar publicamente.

3. Se, tendo-o entretanto lido e vendo aquilo que se passa, considera que ele tem alguma correspondência com a “nova ortografia” adoptada pela “comunicação social”.

Comments


  1. Lúcido, como sempre!
    Parafraseando João de Melo, em “O homem que não tira o palito da boca”, e porque, infelizmente e por enquanto, teremos de conviver com estas discrepâncias, também eu tenho uma estratégia, que ele resume assim: “para sobreviver e, ao mesmo tempo, conservar a sua lucidez e integridade: – Juntos, mas não misturados!”.
    E, enquanto não deixarmos de vergastar a memória, o debate permanecerá.

  2. Bufarinheiro says:

    Sempre me ficou a dúvida: Os habitantes do Egito são Egípcios?


  3. Deve ser um “regionalismo”.. mas na minha zona, Leiria, nós dizemos o P de Egipto. Como ficamos? Escrevemos? Ou não escrevemos?

Trackbacks


  1. […] a dar àqueles que lêem títulos como O Expresso deixou de adoptar o acordo ortográfico… ou  O Jogo e o Expresso abandonam o acordo ortográfico… e por aí se ficam. Não se fiquem pelas reticências do título. Há sempre a probabilidade de, […]


  2. […] brasileira, o que lhe permite surgir, honradamente, ao lado de um “projeto”.   Assim, Francisco, o Expresso não abandonou o AO90, o Expresso emigrou para o […]


  3. […] três anos – celebremos, por fim e com a devida pompa e a respectiva circunstância – o Expresso começou a adoptar o AO90… A adoptar. Pois… Na carta aberta, indicávamos […]


  4. […] de O Jogo e o Expresso terem abandonado o Acordo Ortográfico de 1990 (aliás, no que diz respeito a esta prática, o Expresso é useiro e vezeiro), chegou a vez do […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.