A crise já não é o que era

É desta que damos cabo da maldita crise, que nos tem atormentado há anos. Agora é que é. Os sinais estão aí, já carimbados como reais pelo FMI e pela OCDE. Além, claro, dos bancos nacionais.

Os quatro maiores bancos privados (BCP, BES, Santander Totta e BPI) apresentaram lucros nos três primeiros meses do ano. Lucros, sim, essa palavrinha mágica com seis letrinhas apenas. Já os lucros têm mais zeros. As instituições bancárias lucraram 400 milhões de euros no 1º trimestre, o que significa 4,4 milhões de euros por dia.

É ainda pouco para os bancos? Queriam mais? É bem melhor que uma vergastada nas contas.

Deixar uma resposta