dinheiro vivo, morto ou doente

Já há uns tempos atrás, uma sueca ficou milionária sem querer. Hoje, diz o Público, que uma mulher tentou fazer uma transferência bancária de 50 mil milhões de euros dos EUA para Portugal. Que é que se passa com as mulheres e o dinheiro? Quem será esta mulher enigmática que além de ter 50 mil milhões de euros, os ia transferir para Portugal? Será algo relacionado com as obras megalómanas do nosso governo? Intriga-me. Ainda ontem tinha andado a ver se a gripe A/suína/mexicana/nova se transmitia através do dinheiro. Não há problemas de transmissão relevantes, a não ser que aparentemente se junte muco nasal, porque nesse caso pode haver alegadamente a hipótese de transmissão. Admito que estou com alguns problemas porque estou constipado, estou com o “pingo” no nariz e normalmente uso dinheiro vivo…
ainda acho que também os partidos políticos vão desistir daquela ideia de receber dinheiro vivo… é que só 3% do dinheiro existe fisicamente.
Quem diria que o “vil metal” se tornaria também abstracto.

Como o mundo está a ficar totalmente paranóico, deixo o link para a respectiva teoria da conspiração envolvendo o fim do dinheiro vivo. MONDEX.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.