Novo arguido do Freeport, diz a TVI (e a ERC gostava que não dissesse)

Eduardo Capinha Lopes, arquitecto, é o novo arguido do caso Freeport. Ao que parece, o Ministério Público estranha a forte ligação entre ele e o Ministério do Ambiente ao tempo em que este era liderado pelo actual primeiro-ministro José Sócrates. De resto, Capinha Lopes era na altura presença assídua no Largo do Rato. Ao ponto de Manuel Pedro, num dos documentos pertencentes à investigação, dizer que, com Capinha Lopes, a aprovação do projecto ser muito mais fácil.
Coincidências que nem a ERC consegue calar…

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Mas R, explica-me por quem és! Então se há arguidos de fora do Ministério mas não há arguidos de dentro, como é que há arguidos de fora? Percebes? Digo eu na minha, os de fora não podem fazer nada de mal se os de dentro não fizerem mal nenhum.E o que eu estou a ver é que andam às voltas, às voltas e acertam só nas bordinhas!