Não se arranja uma prova de automóveis?

av_boavista_placa

A Avenida da Boavista, no Porto, uma das artérias com maior volume de circulação, está a entrar em obras. Não na sua extensão total mas apenas num pequeno troço.

Serão obras promovidas pela Águas do Porto e pela autarquia e vão durar até 8 de Agosto, mais de dois meses.
As obras até já deveriam estar implementadas no terreno mas o jornal Público (link não disponível) conta que não estão porque os técnicos ainda procuravam “decidir por onde passará a conduta” que as Águas do Porto vai instalar ali. Se assim for, ficamos a saber que a entidade municipal que gere a rede de abastecimento público não sabe planear obras. Vai vendo…
Na carta que enviou aos moradores da zona, entretanto, a Câmara do Porto anunciou que “vai aproveitar esta obra para “fazer uma pequena intervenção que melhore um pouco as zonas mais degradadas” da artéria”. Obras a sério, que a avenida necessita, nem pensar.

A autarquia justifica esta opção por “não estar decidido por onde passará a futura Linha Ocidental do metro”. Uma explicação estranha, quando é já sabido que a linha irá seguir pela Rua do Campo Alegre. E com a concordância da edilidade.

Mas se não fosse isto, seria por outro motivo. Ainda segundo a explicação dada ao jornal por fonte da autarquia: “é necessário um projecto de arquitectura, um projecto de engenharia, um concurso público, uma cabimentação orçamental e, talvez, algumas reclamações pós-concurso, senão mesmo umas providências cautelares. Muitos, muitos meses…”.
Enfim, uma chatice. O melhor mesmo era nem fazer nada. Evitávamos a maçada de ter de trabalhar, de planear, de executar e, claro, de pagar.

Aos moradores da área, sobretudo, e demais utilizadores da via resta pensar se não haverá uma qualquer prova de automóveis que se possa fazer em toda a extensão da avenida. Talvez assim o problema ficasse resolvido.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.