Um homem que é o máximo

O homem julgou que era o maior. O homem fez parte da orgulhosa brigada da mão gelada. O homem pode ter cometido ilegalidades financeiras graves, as autoridades judiciais podem ajudar neste aspecto. O homem indignou-se quando foi acusado. O homem partiu com uma reforma dourada. O homem, mesmo na reforma, mesmo no tempo da contenção de despesas, continua a usar e abusar dos meios do banco que liderou.

O homem, consta, não gosta de calças de ganga. O homem, consta, sente-se injustiçado. O homem gosta de viajar à custa dos accionistas e clientes do banco. O homem é assim, gostem ou não.

Até pode ser que venha a ter direito a estátuas e a condecorações.

Comments

  1. maria monteiro says:

    O homem precisa de voar em avião pago pelo BCP apenas para manter um estilo de vida simples, sóbrio, alegre… temos que ser sensíveis a essas coisas… A isto eu chamo uma boa maneira de fomentar a comunhão e a partilha….


  2. Pois claro. E quem somos nós para tirar o brinquedo a alguém. Nem pensar em acabar com a alegria de alguém. Até porque tristezas não pagam dívidas, nem as do BCP.

Deixar uma resposta