O empobrecimento nos próximos dez anos

“…uma taxa de crescimento tendencial durante o próximo ciclo que não deverá ser superior aos valores situados entre 1,25 e 1,5 que se registaram no último ciclo!

Isto aponta para um crescimento gradual do desemprego que andará pelos 10% em 2010 e uma variação negativa do valor dos salários em termos nominais este ano.

Portugal segundo as projecções voltará a ter um comportamento e um desempenho inferior aos dos seus parceiros europeus. (MOODY’s, Público)

Este é o nosso futuro imediato pelas mãos de quem está no governo há 11 anos nos últimos 14 anos, o PS e o seu intervencionismo cada vez maior e mais prejudicial para a parte da economia que produz riqueza.

Anos e anos perdidos com uma visão centralizadora e estatista, de braço dado com as grandes empresas públicas e grandes grupos económicos, megainvestimentos, deixando no esquecimento o tecido empresarial que cria riqueza e emprego, produz bens transaccionáveis e para exportação.

Olhem para o Programa do PS e é isto que lá vão encontrar, mais do mesmo, uma máquina ávida pronta a abocanhar o seu (grande) pedaço.

Não podemos esquecer o ” contrato Liscont” o TGV, o aeroporto, as autoestradas em duplicado, as SCUTs, a Empresa Frente Ribeirinha e esse buraco negro que são as empresas públicas de transportes…

Há que mudar de modelo político e económico sem o que não há esperança para as gerações vindouras!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.