A vida nem sempre é simples

O sr. Porfírio Silva manda umas piadas ao Paulo Guinote, porque este sugeriu ao PSD

Revisão do estatuto da carreira docente no sentido de eliminar a divisão da carreira entre professores e professores titulares, ou seja, o restabelecimento da carreira única do professor.

Não deve ter lido no último Expresso o que escrveu Marcos Perestrello:

Mas essa imaginação transformou-se em rigidez quando foi necessário ultrapassar as dificuldades encontradas no sistema de avaliação dos professores, corrigir as incongruências do sistema de gestão ou contornar as barreiras à mobilidade anual dos colocados a centenas de quilómetros das suas residências. E a determinação transformou-se em obstinação quando foi precisa coragem para voltar atrás na divisão da carreira em titulares e não titulares ou resolver os problemas decorrentes da falta de pessoal não docente.

Marcos Perestrello parece-me que ocupa uns cargos no PS, é candidato a uma câmara e de certeza absoluta um perigoso infiltrado, um espião, ou pior que tudo: um professoreco disfarçado. A vida às vezes é uma chatice, e nem sempre é simples, muito menos simplex.

Comments

  1. dalby says:

    Ou uma simples «NULIDADE» o nome dele diz tudo..atirem-lo aos cães ou melhor ..à indiferença…dalby

  2. dalby says:

    Ou uma simples «NULIDADE» o nome dele diz tudo..atirem-lo aos cães ou melhor ..à indiferença…dalby

  3. Pedro says:

    O JJCardoso quando falares do Marcos Perestrello lava a boca primeiro, deves fazer o seguinte procedimento: primeiro, escovas os dentes durante meia hora, depois passas elixir cerca de 1 litro, deixas estar na boca durante 3 horas, e só depois falas do Marcos Perestrello, que veio aqui para a Oeiras, arriscando tudo, entendes ó badameco.

  4. João Dinis says:

    Olhe lá ó Pedro, não vê que este Cardoso deve ser um daqueles que lhe foi pedir alguma coisa lá para a Câmara e ficou agarrado? depois fazem blogues…

  5. João J. Cardoso says:

    Temos o Pedro (IP: 85.241.137.214 , bl8-137-214.dsl.telepac.pt) e o João Dinis (IP: 85.241.137.214 , bl8-137-214.dsl.telepac.pt) trocando ideias.É simpático. Podiam falar com os seus botões, já que vestem o mesmo casaco. Mas assim parecem dois. É o que acontece quando um não cabe na sua própria personalidade.

  6. dalby says:

    Caro Cardoso, apoio o seu raciocínio..o discurso do «Cagão Perestrello» acima, diz tudo..não passa de mais um arrogantesito de folha dupla que se vendem nos hiper a 1,19 ou de folha tripla, mas mais macio, na secção de lavandaria/WC do Pingo Doce…ESTE PAÍS ESTÁ MESMO CHEIO DO QUE NÓS CHAMÁMOS AQUI DE «CAGÕES»!!! é PRAGA!Quanto ao de cima, esse tal Pedro deve ser um daqueles de recibo verde a quem ele obriga vir aqui dar o apoio virtual…Eu sabia muito bem o que lhe dizer a esse Pedro mas o R’ corta logo!

Deixar uma resposta