Cavaco no seu melhor estilo

Assistimos a mais um episódio igual a tantos outros que se passaram quando Aníbal Cavaco Silva era Primeiro-ministro: “Quem me incomoda, Rua!”.
Este afastamento não é mais do que um episódio revivalista de outras alturas. Os peões dão a cara e se correr mal a culpa é deles. Esta falta de solidariedade entre pares é do pior que existe na política.
A juntar a este facto que por si só é grave, se juntarmos o momento de campanha eleitoral que vivemos torna tudo muito mais suspeito. Não tendo da vida uma visão conspirativa, não posso deixar de referir que a demissão anunciada de Fernando Lima a 5 dias das eleições só tem uma leitura possível – Cavaco Silva não quer que o PSD ganhe as eleições.
O que justifica esta lógica?
1. Cavaco quer ser reeleito Presidente da República e para o seu final de primeiro mandato dá muito mais jeito ter como Primeiro-ministro José Sócrates;
2. O Presidente da República só existe politicamente se conseguir fazer oposição ao Governo. Foi assim com Mário Soares e Jorge Sampaio;
3. Aníbal Cavaco Silva apenas teme a frente de esquerda, ou seja, o Candidato do consenso Manuel Alegre. Se Cavaco não se demarca politicamente do governo não capitaliza votos no chamado “centrão”. Só o conseguirá se for eleito um governo frágil do PS.
Fernando Lima serviu, como outros na década de 90, os objectivos calculistas de Cavaco Silva.
Tudo isto pode não fazer sentido, mas se assim for, Cavaco terá que dar explicações públicas esta semana, ainda antes das eleições legislativas. Para já o árbitro (Cavaco Silva) assinalou uma grande penalidade a favor de José Sócrates (na minha opinião a falta foi fora da área). O Jogo estava empatado.
Fernando Lima um como tantos outros

Comments

  1. Nuno Castelo Branco says:

    Tem até muito sentido!


  2. Uma boa análise, a mostrar como a política é insensível, calculista, fria e dura. Fernando Lima foi uma vítima da lealdade. De mais de 20 anos e de muitas tropelias, sobretudo nos tempos de Cavaco como primeiro-ministro. Mas era inevitável a queda.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.