Palmas

Quando em Aveiro se discute o que fazer com o mono herdado do Euro, falando-se mesmo em implodir a inutilidade, ouvi o aveirense Gilberto Madaíl, com cara de paciência é a crise, avisar que a candidatura ibérica a um Mundial de Futebol passa apenas pelos 3 estádios portugueses que não precisam de grande obras para o receber por terem a lotação necessária.

Chegou um bocadinho de bom senso, e se a culpa é da crise que viva esta crise.

Claro que também temos o populista Macário que sente o Algarve excluído, e não entende nem aceita. Nem eu entendo para que serve tal estádio, e sobretudo porque tive de o pagar.

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.