Contra a destruição da Educação Visual e Tecnológica

A grave crise económica e financeira que existe no plano nacional e internacional, tem servido de justificação para se avançar com as mais diversas reformas, nos mais diversos sectores de atividade.

Não se percebe porque é que Educação Visual e Tecnológica (EVT), uma disciplina de sucesso, que se formou há mais de vinte anos, resultando da junção das disciplinas de Educação Visual e de Trabalhos Manuais, esteja prestes a ser destruída por razões meramente orçamentais, para dar lugar a qualquer coisa que, embora possa lembrar as suas origens, em nada se lhe vai assemelhar, por força da tremenda redução da carga horária, da redução da componente humana e da criação de uma terceira variante (TIC).

Não se percebe que uma disciplina como EVT, com uma forte componente prática, onde são desenvolvidas competências básicas, nomeadamente as que se relacionam com o “saber fazer”, se transforme assim, do dia para a noite, sem qualquer fundamento científico-pedagógico, em duas ou três variantes, com um só professor e uma exígua carga horária semanal. O trabalho manual – o espaço em que se treina “a mão“ dos futuros artistas, cirurgiões, engenheiros, carpinteiros, trolhas, etc. – a partir do próximo ano letivo estará seriamente desamparado. Mas EVT não se reduz à manualidade: o mesmo trabalho manual, associado à busca de soluções técnicas e estéticas é também um espaço privilegiado ao desenvolvimento cognitivo, ao reforço do “saber”. É por demais sabido pela história do desenvolvimento humano, que a mão e o cérebro andaram sempre ligados, e que não foi por mero acaso que evoluímos até ao homo sapiens actual. Porque é que EVT, a partir deste ponto de vista, não foi considerada uma disciplina fundamental?

EVT deveria ter sido vista como uma disciplina essencial, um espaço de confrontação entre o conhecimento científico e o conhecimento prático, um espaço para a experiência, o conhecimento técnico e a arte.

Parece que estamos condenados a perder nestas duas frentes da qualidade do ensino: os subprodutos anunciados que poderão advir da substituição da EVT (Educação Visual, Educação Tecnológica e Tecnologias da Informação e Comunicação), levarão à redução da supervisão das actividades lectivas, a uma séria limitação da intervenção pedagógica diferenciada e individualizada – ambas fundamentais ao nível etário dos alunos com que se trabalha – ficando também criadas condições para o aumento da indisciplina na sala de aula e o agravamento das condições de segurança individuais no manuseamento de ferramentas e demais equipamento escolar, ainda que drasticamente reduzido o seu tempo de manipulação.

E por fim os cursos que as Escolas Superiores de Educação e os Institutos Politécnicos vinham ministrando nesta área, verão o seu percurso profissional interrompido, assim como muitos dos seus licenciados, actualmente em funções, ficarão reduzidos à ameaça do desemprego.

A bem da escola pública, enquanto profissionais responsáveis, não nos resta outra alternativa senão a denúncia pública desta situação e um veemente apelo às entidades competentes no sentido da suspensão destas medidas.

Vale de Cambra, 14 de Fevereiro de 2012
Os professores de EVT dos dois agrupamentos verticais de escolas de Vale de Cambra,

Nota: Este texto foi aprovado pela totalidade dos professores de Educação Visual e Tecnológica (EVT) dos dois agrupamentos verticais de escolas de Vale de Cambra, em documento que tornam público e que endereçam ao senhor Ministro da Educação e esperam que possa também ser uma motivação para que outras tomadas de posição idênticas noutras escolas/agrupamentos.

Comments

  1. Filipe says:

    E como é que os alunos vão saber o que é uma régua e um compasso? E o como usá-los? Como vão aprender a desenhar? A saber fazer historias de quadradinhos? Enfim, é esta e a educação musical.


  2. discordo completamente de tirarem 2 das 13 disciplinas que os putos têm no 7º e 8º para passarem só a 12
    tendo em conta que duas são semestrais e nem todos têm EMRC ou português para estrangeiros ou hora de psicologia para explicar porqué que estavam dois em cima da sanita…ou porque é que deu com uma caneta nas fuças de outro

    os putos necessitam de mais, deviam ter filosofia e educação estatística para reforçar a matemática e perceberem as médias do insusexo

  3. Lagartices says:

    Um texto excelente sobre a importância da EVT. Os meus sinceros parabéns.

    A mania de que as TICs por si só vão salvar o mundo, é tão absurda quanto achar que uma criança espetada na sala a ver TV ou a jogar plystation o dia inteiro é a melhor forma de solucionar o problema da chamada Hiperactividade que grassa nos dias de hoje.
    Tenho um sobrinho de 2 anos e meio que passa dias inteiros a “brincar”. Desenha, pinta, faz música, joga à bola, cozinha, canta, “lê” livros, conta histórias, faz puzzles, varre o chão que está “sucho”, rega as plantas – estas são apenas as suas actividades preferidas.
    Tem uma coordenação incrível e uma atenção extraordinária. TV? Para quê? TI? Qual quê!! Venha a EVT!

  4. marai celeste ramos says:

    Quem no texto escreveu que “o cérebro e a mão andam sempre ligados” – ora há anos interessei-me por um hobby “maldito” – a astrologia – que os caldeus inventaram h´´a muitos milhares de anos – assim sendo, dos 10 planetas, um deles e o mais perto do sol, tão perto que nem é visível a olho nu, se mais não houvera pareceria que formam UM e se o sol é a anergia global do nosso sistema sollar para já o mercúrio faz um som a energia total por sua vez, há 12 signos e 10 palenas – os rápidos (ou pessoais) )Sol-Lua-mercúrio-Terra-vénus-marte-(já exterioar ao sol+os sociais-júpiter e saturno(fim dos conhecidos dos caldeus)+rev francesa Urano (descoberto com a evolução do telescópio)Neptuno(descoberto com a descoberta do petrópeo)-plutão(despromovido a planetóide) sendo que todos fazem rotação e translação ao sol no mesmo plano excepto pluto (descobero com a enerrgia atómica) tem órbita ovóide cortando a eclitica sendo que ao descobrir-se urano através de calculos de astronomia física se descobriu neotuno e pluto-Urano neptuno e plutão dado o seu tempo de translação a fazer 360º, urano leva 48 anos, nettuno e plutão à volta de 250 anos e os 3 considerados planetas da transcendência e tam que plutão marca a viragem de cada GERAÇÂO (curiosamente em 2008 pluto entrou no sugno de capricórnio o do PODER material, das estruturas económicas, da visibilidade social e proficional, da economia sendo que ao entrar em capricornio em 2008 o mercado bolsiste rebentou e a teremos pelo menos durante 2 anos e meio – a destruição da estruturas “velhas” – a libertação par reconstrução de novo mundo “terreno”-quanto a mercúri se vê que gira durante UM ano à volta do sol mas porque são 12 signos, 3 deles são regidos pelo mesmo planeta-vénus rege touro e balança-marte rege carneiro e escoupião e MERCÚRIO rege Gémeos e Virgem – gémeos o signo de ar (comunicaçºao) e das escolas e aprendizagens e vergem (o signo da inteligência concreta, exacta, científica + etc) -cada planeta corresponde a uma parte do corpo pelo que o sol é o consciiente e o coração, lua é o inconsciente e a memória, mercúrio é opensar e as MÃOS – assim, programas escolares desde meninos que não permitam aos meninos usar e educar o uso das mãos – é como nunca mais as saber usar nem a CABEÇA nem capacidade de concentração (e cada menino que brinca isola-se do mundo e concentra-se todo no seu brinquedo) teremos crianças ATRAZADAS mentais e com os piores handicap – Mércurio é o pensamento e que se transmite à mão e desenha e faz e concentra e dá paz e autoconfiança
    descupai mas não gosto de crato- já fundei escola profissional- já ensinei meninos pequenos e grandes e PENSAMOS com as mãos porque o TRABALHO ENSINA – senão s analfabetos nunca saberiam FAZER com a mãos coisa nenhuma e fazem ARTE (sem precisar de saber ler) – ministro crato não sabe astrologia nem nunca seria capaz – ms nada percebe de MENINOS nem de analfabetos que CRIAM arte e artes com a arte e saber (e treino) de suas mãos- e com as mãos de faz teatro e “dança” – e gestos – até se diz “fala com as mãos” – óbvio – está em relação directa com a cabeça-pensamento com o sol energia global de cada ser-o que sabe FAZER crato que valha a pena ??? Matar crianças à nascença matando-lhe o pensamento e a concentração e mesmo liberdade-ele não teve filhos na préprimária a pintar e desenhar formas livres através da cor ??- como é que se parende o quê sem educar a mão-como se pega no pincel e no lápis e nos sapatos e na colher e no casaco ?? e se dá uma bofetada num colega atrevido ?’- é com a mão que transporta a vontade de se defender batendo no colega em vez de ser maricas e encolher-se e ficar traumatizado++++++++++etc
    quem é trazado mental é crato-crato-crato-cretino- a não ser que queira dar informática e amão ter dificuldade a pegar no rato-ou então fala para o écran-como brinca com plasticina e lhe dá forma – e no barro ? e é marceneiro e ourives ?? e como pega no taco de golf

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.