Afinal, qual é o problema da imprensa com Tiago Brandão Rodrigues?


Os Truques” apresentam uma hipótese. Ou melhor, 65.250 hipóteses amarelas.

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    O problema da imprensa com Tiago Brandão Rodrigues é terem alguém na Tutela da Educação que não satisfaça as opções ideológicas de ensino dos patrões dessa imprensa.

    O homem mudou os métodos de avaliação dos alunos? Parece que sim! Segundo um padrão que não estratifique ainda mais o ensino, face uma série de condicionalismos que ultrapassam as obrigações da tutela, mas que a escola tem de viver com ela, por ex. as dificuldades económicas e sociais do agregado familiar, a relação parental, isolamento urbano. Para o anterior governo um aluno ainda jovem, podia ser, mau, medíocre, satisfatório, bom e muito bom. Em função dessa avaliação os alunos ainda jovens, ficariam num sistema de aprendizagem distinto uns dos outros, e seriam encaminhados muito novos, para a escolas profissionais das “artes culinárias, cantoneiras, agrícolas, mecânicas, …
    Os outros, se tivessem juízo, eles e os pais, poderiam almejar outro patamar, maís nobre e mais exigente, o ensino secundário. No final seguiriam para as Universidades caso tivessem vontade, notas de acesso, e condições económicas.

    O homem achou que pagar “rendas” a instituições privadas de ensino, com escolas públicas ali mesmo ao lado era um desperdício de dinheiro, mesmo que o desempenho nessas escolas fosse superior às publicas. Fazer floreados com o dinheiro dos contribuintes é uma maravilha. Nomeadamente escolhendo alunos, e deixando a “merda” de fora para a escola pública. Assim, também eu!

    O homem quer acabar com o negócio do “livro novo” em cada “ano novo”, escolar, diga-se. Como se a “ciência”, vulgo Saber, evoluísse tanto e tão rapidamente que em cada inicio de Setembro tivéssemos necessidade de rever conteúdos programáticos.

    Poderíamos ainda descobrir mais algumas boas razões, mas estas já são suficientes para que a casta que tem sugado o erário publico à conta da educação não andasse atormentada.
    Até o Dr.Salazar e o Marcelo Caetano se insurgiriam contra esta casta sugadora.
    Eu, pessoalmente não considero que Tiago Brandão Rodrigues tenha feito uma boa entrada na condição de ministro. Até porque relativamente às mudanças na avaliação deveria ter esperado pelo inico deste ano para as efetuar.
    Mas, depois de Nuno Crato, difícil é não fazer melhor.

  2. Rui Naldinho says:

    Poderíamos ainda descobrir mais algumas boas razões, mas estas já são suficientes para que a casta que tem sugado o erário publico à conta da educação, ande atormentada.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s