Mota Soares: soldado, ladrão, democrata, cristão

mota_soares.paginaNo dia 10 de Novembro, Pedro Mota Soares declarou o seguinte: “Hoje um casal com filhos pode receber quase 330 euros de rendimento mínimo, pode ter um conjunto de apoios de abono de família de 35 euros, pode ter um conjunto de apoios escolares de 276 euros, pode ter um apoio à renda de 280 euros, pode ter um apoio de transporte de cerca de 45 euros e chega ao final do mês com um rendimento de 950 euros.”

Pedro Mota Soares é ministro da Solidariedade. Há quem pense que isso faz tanto sentido como imaginar Hitler na presidência de uma hipotética Associação de Amizade Alemanha-Israel, mas a verdade é que Pedro Mota Soares é mesmo ministro e da Solidariedade também. Para que haja ainda menos humor, é importante lembrar que pertence a um partido democrata-cristão.

Uma alma mais ingénua ainda poderia pensar que Mota Soares estaria revoltado com o facto de haver famílias que sobrevivem com apenas 950 euros, mas parece que, segundo o ministro, isso é dinheiro a mais, constituindo, até, um “risco moral” porque pode levar os beneficiários a não procurar emprego. Aliás, não seria de espantar que alguém atribuísse o aumento do desemprego à falta de vontade de trabalhar, o que quereria dizer que os preguiçosos se multiplicaram desde que Passos Coelho chegou ao governo. [Read more…]

Não acho bem!

Não acho bem que um bispo, mesmo sendo das Forças Armadas (e alguém mais perspicaz do que eu, conseguirá, seguramente, explicar para que serve um bispo das Forças armadas), seja assumidamente ATEU. Eu também sou, mas acho que um bispo não devia ser. Pô! É um bispo! Devia, no mínimo, disfarçar e dar a ideia que acredita na justiça divina. Cometer, ostensivamente, p’raí 3 ou 4 pecados mortais de uma só vez é de alguém que se está a marimbar para o que a sua “colectividade” tenta impingir. Bem prega “Frei Tomaz”, fazei o que ele diz mas não o que ele faz!

PS: O nosso bispo sem fé também assinou aquele “manifesto”. Em grande!

Jesus, o Papa Portista e os Pecados Capitais

O problema era de cariz religioso e resumia-se numa pergunta: Pode haver dois papas ao mesmo tempo na mesma cidade?

– Pode – diziam no Porto – nós temos o nosso papa, o Papa Portista.

– É um papa de pacotilha. – diziam outros.

Para resolver o diferendo, e porque os apoiantes de cada lado eram muitos, escolheu-se o estádio do Dragão, que se encheu de mirones.

De Lisboa vieram Jesus e seus pupilos, entre os quais o Anjo de Maria. No Porto encontravam-se já o dito Papa Portista, o seu braço direito Jesu(aldo) e respectivas tropas.

O Papa Portista instalou-se no camarote VIP começando por incorrer no seu primeiro pecado capital: a soberba.

Jesus preferiu misturar-se com os homens e sentou-se mais abaixo, num banco junto ao relvado.

Para manter o simbolismo do acto, o juiz foi escolhido em função de uma virtude espiritual: a Benquerença.

Os apoiantes das duas facções manifestavam-se ruidosamente, nem sempre fazendo jus ao nome do juiz.

Benquerença, chegando a hora marcada, autorizou que se começassem a exibir argumentos canónicos.

Perante a argumentação opositora, e não sendo o momento adequado para negar revelações, o Papa Portista resvalava disfarçadamente para outro pecado capital: a ira. [Read more…]

2010 é antes de 2011

Temos que começar pelas verdades incontestáveis, porque de outra forma começamos todos aqui a mandar abraços uns aos outros e  abraços “amando” todos os dias e mais que uma vez ! Até às pessoas de quem não gosto “amando” mas são os chamados “abraços de urso” bem apertadinhos, valha-me Deus, a ver se deixam de contribuir para o CO2.

Por isso, amigos meus, o que há a dizer é que 2010 não me pode dar nada que me tenha faltado em 2009, por isso o 2010, que me deixe em paz, faça de conta que eu ando por aqui mas não me vê. O drama de quem tem as necessidades básicas resolvidas e dinheiro para gastos é que, o que lhe falta, não se compra com a vinda do 2010.

Podem-me dizer, mas é pá, podes dar umas passeatas (já agora vou à China) mas o que é que 2010 tem a ver com isso? Em 2009 fui à argentina e ao Brasil e o 2009 teve a ver com a questão? Zero!

O que vai faltar em 2010 é o que falta a todos, todos os anos, à excepção dos corajosos, que vivem apaixonados pela vida, pela cultura, pelos filhos, pela namorada, pelos livros  e estão a marimbarem-se com o ano, o mês , o dia, e a hora…

Por isso, meus caros, há que viver, fazer a maior parte das coisas que dão prazer, incluindo o trabalho (é que nos divertimos e ainda nos pagam), aventar frequente e azedamente ( há quem avente com doçura) e sentir todos os dias “o fogo que arde sem se ver…) o que não quer dizer que seja por alguem que nos tire do nosso cantinho e dos nossos amigos ou que não nos mereça.

E, já agora, que fique bem claro. Se me deixarem pratico todos os pecados que há no cardápio,  da gula, da lascívia, do lazer (não me lembro de mais nenhum que valha a pena considerar como pecado)!

E prontos, pecados para todos, é o que desejo ! Se estiverem todos a pecar é porque têm saúde, não andam à chapada, não odeiam o Glorioso, têm amigos e família (é preciso ser feliz) e, assim, sim, vale a pena dar as boas vindas a 2010!

E não esperem para serem felizes! Mereçam-no!

Bento XVI quer diálogo com os ateus!!!

Bento XVI quer diálogo com os ateus!!!

 Li o post do amigo João José Cardoso, intitulado a “arrogância dos ateus”, frase proferida por D. José Policarpo na mensagem natalícia. Apesar de o post de João José Cardoso ser curto, diz tudo, e, de facto, acaba como deve: “Não vou perder tempo com isso”. Seria a melhor solução.

E eu seguiria de bom grado o conselho do amigo João, marimbar-me-ia para estes disparates, se gostasse que me comessem as papas na cabeça, e se não tivesse recebido, logo a seguir, um texto enviado por um amigo do Canadá intitulado:”Papa deseja criar espaços de diálogo com agnósticos e ateus”.

 Bento XVI assegurou que a Igreja precisa criar espaços de diálogo e de encontro com agnósticos e ateus, que em algumas sociedades representam um grande número de pessoas. Acrescento eu que está mais ou menos calculado que mais de metade da humanidade é ateia. Mas porque quer BentoXVI criar estes espaços de diálogo, com os filhos do diabo?

“Quando falamos de uma nova evangelização”, diz ele, “talvez essas pessoas se assustem. Não querem enxergar-se convertidas em um objecto de missão, nem renunciar à sua liberdade de pensamento e de vontade. Mas a questão sobre Deus segue desafiando-os” (a mim não, e creio que nenhum ateu sente esse desafio), “ainda que não possam crer no carácter concreto de sua atenção por nós. Penso que a Igreja também deveria abrir hoje uma espécie de ‘pátio dos gentios’, onde os homens possam, de alguma forma, manter contacto com Deus, sem conhecê-lo, antes de encontrarem o acesso a seu mistério, a cujo serviço se encontra a vida interior da Igreja” (a vida interior de muitos, que os há,…acredito,  a vida exterior da igreja não, essa seria a vergonha de deus).

“Ao diálogo com as religiões deve-se acrescentar hoje todo o diálogo com aqueles que enxergam a religião como algo estranho, aqueles que desconhecem Deus” (os burros, os cegos de espírito) “e que, todavia, não gostariam de permanecer simplesmente sem Deus”, (quem o diz?) “mas aproximar-se dele, ao menos como Desconhecido” (quem disse tal coisa tão disparatada?). [Read more…]

Procura-se Diácono M/F

O Aventar como blogue plural e democrático e em franca expansão, procura, para equilibrar um perigoso consenso anti-clerical:

– Diácono com excelente desempenho em sacristia ( prova de vinhos, lava-pés, conservação de velas, gestão do pessoal de limpeza)

-Com capacidade de argumentação, escrita e verbal, para combater os seguintes pecados:

– Laicização sem nexo da sociedade

– Consumismo desenfreado

– Ateísmo pecaminoso e sem limites

– Fornicação : masturbação, sexo sem procriação, entre pessoas do mesmo sexo (bem preparado para explicar os casos com crianças na Irlanda e nos US)

– Profundo conhecedor da História da Santa Inquisição e seus métodos : assar já morto (realçar a bondade desta medida ); assar em coma (realçar a pequena dávida, voluntária, da família) assar para preencher os domingos dos crentes no Rossio (realçar que o espectáculo era gratuito)

-Deve ainda ter alguns conhecimentos de Informática.

Tal como no anúncio anterior (procura-se Aventador pró-Sócrates) deve ser dirigido à administração do blogue, com a maior urgência.

Bom plano de pagamentos, fixo e variável, este de acordo com as conversões, aqui no Aventar!