Se eu quiser levar uma coça, o que devo fazer?

Concordo com tudo o que dizem o Tiago e o Carlos.
Ora bem.
O Aventar tem apenas um mês e ainda não se impôs como eu gostaria na blogosfera. O que é que eu tenho de fazer para subir nas audiências?
Se calhar, dava-me jeito levar uma coça. Ia a um Congresso ou a um Comício do PS e punha, bem visível, no peito, na credencial de imprensa, o nome «Ricardo Santos Pinto».
Da mesma forma, se Pinto da Costa quiser levar uma coça, sei lá, para se vitimizar e granjear simpatias, nada melhor do que se meter no meio da claque dos «No Name Boys».
Ou Paulo Pedroso. Para limpar a imagem, levando na cara, que tal uma ida ao Encontro anual dos ex-alunos da Casa Pia?
Lembrei-me disto a propósito da ida de Vital Moreira, ontem, à manifestação da CGTP. Logo quando ia sair uma sondagem que dá empate técnico entre PS e PSD para as Europeias, umas palmadas vinham mesmo a calhar.
Aprender com o Mestre, é o que é. Também Mário Soares, em 1985, quando se viu aflito na corrida às Presidenciais, decidiu ir à Marinha Grande…

Comments


  1. Sempre podes tentar infiltrar-te numa reunião do Jugular.


  2. lol, não saía de lá vivo.


  3. Um blogue não se impõe num mês. Um bom exemplo disso foi o Mata-Mouros, dos melhores que a blogosfera teve e não teve tantas visitas como o Aventar no primeiro mês. Aliás, ele está na origem do blasfémias.Calma, o Aventar não foi apadrinhado pelos “amigos da imprensa”, a única forma de um blog arrancar logo com milhares de visitas dia.

  4. Luis Moreira says:

    Junta-te a um jantar dos candidatos do PS e apresenta-te ao VM! Para ser mais rápido com um autocolante a dizer “CGTP”.Vais ver tens milhares de leitores logo nesse dia…

  5. rosarinho says:

    Como já comentei noutro espaço: Sou contra a violência.Contudo, face aos acontecimentos, interrogo-me:Qual das partes envolvidas tem sido mais violentada, humilhada e ofendida?


  6. Tens de ir pro Twiter. E deixar de ser tão pretensioso.

  7. Luis Moreira says:

    Somos todos contra a violência mas esta não se resume à física.