Benfica

Meus caros,
andei por estes últimos dias a ver, ler e ouvir comentários variados sobre o mundo da bola lusa, sobre os seus sucessos e os seus fracassos.
Não seria minha intenção vir a este corner falar de bola, porque isso é para os sábados à tarde com os amigos de sempre, mas não resisto a falar do meu BENFICA!

Sou sócio do Benfica e por isso penso que tenho algo mais a dizer do que o simples adepto.
E para arranque de conversa não vou recorrer ao que todos sabemos sobre o “Sistema”. Vou apenas falar da minha casa.
Ao longo dos últimos anos têm passado pelo BENFICA muitos jogadores e treinadores, dirigentes e directores, presidentes e afins. Em quase todos, o resultado, desportivamente falando têm sido maus.

Mais um erro de LFV

Mais um erro de LFV

E nos últimos dez anos há uma marca comum à vida do BENFICA – Luís Filipe Vieira. Num estilo muito próprio foi construindo algumas coisas interessantes, mas no plano da equipa de futebol falho redondamente: temos estádio, temos sócios, temos modalidades a lutar por títulos, temos campeões olímpicos, mas tudo isso é pouco porque a equipa de futebol não ganha.

É uma questão de jogadores? Sim, claro: eu lembro-me que no Benfica estiveram jogadores como o Nelo e Tavares, o King, o Fernando Aguiar e outras dezenas de homens que nem para suplentes de algumas equipas da SuperLiga serviram.
É uma questão de treinadores? Claro que sim. Alguns foram um erro.

Mas, não eram TODOS, jogadores e Treinadores, MAUS!
Creio, pois que estaria na hora de Luís Filipe Vieira, eleito com o meu voto, deixar o cargo para uma nova geração de gente que não queira só copiar o estilo de Pinto da Costa.
Se este quer Lisboa a arder, eu não quero que o meu Presidente deseje ver o Porto a arder.
Se PC odeia os Mouros, eu não quero ver a palavra Tripeiros metida no meio disto, até porque nasci em Miragaia!

E para começar uma nova época, nada melhor do que manter o Quique, o Rui Costa e contratar jogadores em vez de craques!

Comments


  1. O problema é que o actual presidente do Benfica não deve partilhar da mesma opinião e deve estar determinado a continuar. Terá o meu apoio. Quanto aos anti-isto ou anti-aquilo são tretas. De parte a parte.


  2. Pois, pois. O problema, caro João Paulo, é outro: Um verdadeiro TRIPEIRO nunca pode ser adepto de clubes de mouros. Alá esteja contigo e longa vida ao LFV…

  3. Luis Moreira says:

    É a melhor notícia para os não benfiquistas o LFV continuar.Podem comprar os jogadores que quiserem que não são campeões.Mas a maior vergonha vem a caminho.O Reys vai para o Porto para saldar as contas com o Atlético de Madrid, da venda do Conceição…


  4. Eu na parte dos jogadores andarem de um lado para o outro, sou absolutamente liberal – gosto da prática italiana onde jogadores procuram a felicidade onde a conseguem ter. Se o Espanhol vier para o Porto, boa viagem.Quanto a ser Tripeiro e benfiquista, acredita meu caro, há dias em que apetece ser diferente – Lisboeta e benfiquista, mas depois lembro-me da 2ª circular, da placa que diz A1 – Norte e rapidamente me lembro que estou no local certo :)José Freitas, os anti – isto e anti-aquilo podem ser folclore, mas para mim as palavras têm valor – até por isso as deposito no Aventar.Quando eu digo que desejo, SEMPRE, que o Porto ou o Sporting percam, seja lá qual for o contexto, estou a ser sincero, sendo isso um anti-ismo qualquer.Mas daí até o expressar com actos ou palavras agressivas ou ofensivas vai uma distância grande. Enorme.JPUm abraço,

Deixar uma resposta