Arranque do CDS


O Paulo e o Nuno chegaram confiantes. Lá estavam as barracas da feira. O movimento não era muito mas também ainda era cedo. Os “ajudantes locais” afadigavam-se algo comprometidos. Nervosismo por ser a primeira acção de campanha. Televisões a postos, jornalistas num frenesim. Primeiros beijos e primeiros abraços, aquecer os motores, conversa de circunstância. E a D. Rosa toda lampeira, “então isto há dois dias é que era bom para a televisão estava isto cheio, ou então amanhã que vamos ter feira do queijo, hoje não há!”
Grande arranque! Bem me disseram para não ser isento!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.