Porque não é Silva Peneda candidato ao Parlamento Europeu?

Candidato às eleições europeias pelo PS, Manuel dos Santos procura o seu terceiro mandato em Bruxelas. No seu estilo característico, aproveitou uma deslocação à Maia, numa acção de campanha, para lançar farpas aos adversários políticos do PSD.

Numa jogada de estilo político, não o fez sem deixar uma questão relevante e a necessitar de resposta: Porque razão ficou Silva Peneda de fora da lista “laranja”?

O PSD apostou em renovar a lista de candidatos, tendo apenas apresentado a recandidatura de Carlos Coelho mas não deixa de ser estranho que o ex-ministro de Cavaco Silva, que estaria disponível para novo mandato, tenha sido dispensado nas actuais circunstâncias.

E quais são essas circunstâncias? O Partido Popular Europeu (PPE), grupo ao qual o PSD pertence, deveria propor Silva Peneda para um cargo de alta relevância na definição da política social da União Europeia. Uma daquelas atribuições que os partidos tanto gostam de acenar, como se os méritos individuais, como neste caso, fossem vitórias colectivas.

Ou muito me engano ou o PSD saberia desta intenção do PPE. Daí a minha dúvida: Porque não é Silva Peneda candidato ao Parlamento Europeu?

Deixar uma resposta