O COISO

A LOCALIZAÇÃO INDEVIDA

Já escrevi sobre este assunto em Fevereiro.
Agora e por via da d. Manuela do PSD, volto a falar dele.
A srª não gosta de chips. A srª não gosta de ser seguida por todo o lado. A srª gosta da sua privacidade. A d. Manuela tem toda a razão.
Não se sabe quem nos vai controlar, embora se saiba quem vai ser controlado. Toda a gente vai ser obrigada a ter um chipezinho na matricula e sabe-se lá, mais onde nos obrigarão a colocar um. Vamos estar num “big brother” global. Um tipo qualquer, com ou sem a devida formação moral ou outra, vai saber onde estamos em qualquer momento da nossa vida, sem nos pedir autorização para tal.
Ninguém gosta de ser seguido. Ninguém gosta de ser controlado. Não bastará já o telemóvel, que nos põe constantemente contactáveis?
A maioria dos Portugueses está contra o dito chip (nem palavra em Português temos para o coisinho).
Vamos ser o primeiro e talvez o único país a implementar tal coiso. Os outros, realmente mais evoluidos que nós, rejeitaram a ideia.
O nosso (des)governo, está a impôr esta coisita à socapa, transmitindo a ideia da inoquidade dos aparelho. Mas é tudo menos isso. Com ele, podemos vir a ser invadidos no mais profundo da nossa privacidade.
Deverá ter partes boas, como a eventualmente rápida localização do veículo em caso de roubo, mas cada um é que saberá da necessidade ou vontade da sua compra e implementação.
É inadmissível que seja genericamentge obrigatório.
Quanto muito deveria ser facultativo para o comum dos Portugueses e obrigatório para todos os governantes.

Comments


  1. De facto é um absurdo. Mas era necessário. Então como é que se iriam pagar as portagens nas futuras vias? Com jeitinho ainda esperávamos que as concessionárias pagassem umas praças de portagem e fizessem obras para isso, não? Já era pedir muito. O melhor é mesmo obrigar todos os lorpas a aplicar o chip. Para já é assim. Não tarda nada estão a colocar um debaixo da pele. Assim até poderão saber se temos os impostos em dia.

  2. Luis Moreira says:

    Este PS vê em cada português um contribuinte onde pode ir buscar mais dinheiro, e vê um Estado que pode gastar o dinheiro como bem lhe aprouver ! É um racíocinio simples mas profundamente perigoso e absurdo!

  3. Isac says:

    No meu carro garanto-vos que não vão estar nenhum chips. Isto tem que ter um limite. Isto tem de parar! É que nós reclamamos, reclamamos mas não fazemos nada. Se toda a gente recusar a porcaria do chip vão fazer o quê, prender toda a gente? Estão com medo que vos roubem os carros? Garanto-vos que no dia em que me multem por não ter essa merda, no dia seguinte o meu carro é capaz de se despistar perto de que qualquer coisa da brisa e restantes amigos do caralho. Ele que vão gozar com a pura que os pariu. Estão a apertar, apertar, apertar, nitidamente para ver onde quebramos. Isto tem de parar! E para mim, pára agora.

Deixar uma resposta