Os idealismos de Marcelo

Marcelo diz que não. Que não encontra condições de unidade no PSD e só com unidade Cristo poderia descer à Terra, de novo. Marcelo aponta o dedo aos ‘barões’, acusando-os de falar muito de nomes e esquecer os projectos.

 

O que Marcelo muito bem sabe, porque sabe mais que nós, é que o momento do PSD não facilita, nem proporciona, o debate de projectos, porque isso é coisa de pretensiosos idealistas. O que o PSD quer discutir, em exclusivo, é o nome de quem lhe pode devolver o verdadeiro poder. Aquele tipo de poder que qualquer aparelho partidário deseja.

 

Mas se Marcelo sabe isto, porque sabe, não esqueçam que ele sabe mais que nós, porque insiste em só se disponibilizar caso haja unidade interna?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.