FUTAventar – golos é que é…

Estive a ver à tarde um jogo de futebol da liga Inglesa, uma farturinha de futebol de ataque, remates, grandes defesas, e cinco, cinco golos !

 

Duas equipas inglesas a jogarem entre si é um espectaculo cheio de vida e emoção, há alegria, comunhão entre os artistas ( é um espectaculo) e o público, que vê futebol como vê ópera ou um bom programa de música.

 

À noite fui ver o Sporting – Benfica, zero golos, uma batalha campal no meio campo, não marcas e tu tambem não, com medo de perder como se fosse possível perderem os dois, uma chatice pegada, se não são os amigos a gente não se diverte nada, o melhor mesmo é tirar os olhos da bola e ver a turba, aos gritos, aos pulos, não se percebe porquê.

 

O Sporting lá fez as correcções que todos viam que eram necessárias, deixou de haver aquele enorme buraco no meio campo por onde passava quem quizesse, bastava tropeçar na bola e já estava perto da baliza, vi isso vezes sem conta. Os que diziam que era o arbitro que tinha culpa, agora já mudaram, estamos melhores ainda lá vamos.

 

Quanto ao Benfica, o gaz já se foi, o Di Maria não fez um sprinte, o Saviola não apareceu uma vez na área ( O Adrien não deixou, jogou para fazer esse papel) o Aimar tinha sempre em cima um adversário, o Cardoso não recebeu uma bola que fosse "mesa de Deus"…

 

E eu a dar comigo a pensar, mas a gente paga para ver gajos a impedir que os que sabem jogar não joguem?