Honduras

A dignidade de muitas pessoas e de muitos Estados não vale um pano de limpar o chão. O que se passa nas Honduras mostra bem isto que digo. Um golpe torpe e sujo corta, de uma catanada, o pescoço à Democracia e ao Estado de Direito. Mas como esse golpe é vibrado pela direita fascista, coisa que já se pensava erradicada da América Latina, contra uma governação rigorosamente democrática, logo os Estados Unidos e lacaios aproveitaram o facto, não para repor o Direito e a Democracia, mas para cozinhar um caldeirada eleitoral a que procuraram habilmente juntar todos os temperos possíveis, de modo a que soubesse a tudo menos a merda. Mas o cheiro a merda é tão forte, que não há condimentos que o abafem. Parabéns Brasil, Bolívia, Venezuela e Argentina que nem sequer a caldeirada querem provar. Comam-na aqueles que sempre estiveram habituados a comer merda.

Comments


  1. Felizmente que os maiores países ma América de Sul já têm democracias consolidadas, único escudo seguro para as tentativas fascistas…


  2. Se bem contei, sobra a Costa Rica e a Colômbia na defesa do micheletazo . E os restantes países americanos, centrais ou do sul, não têm todos governos de esquerda. Nem o patrão americano, claro.

  3. DAL clube says:

    E Cuba ali tão perto..e oh a Ex URSS e actual Rússia tão longe desses regimes fascistas que se julgavam desaparecidos! 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.