Começa a campanha pela…


Se nas próximas “presidenciais” os portugueses levarem a abstenção a um resultado superior a 50% do universo eleitoral, talvez qualquer coisa comece a mudar.

Comments


  1. discordo da abstenção. Existem opções fora do sistema e as pessoas teimam em não as ver. Pequenos partidos, movimentos, candidatos fora do bloco central existem, é preciso é saber olhar para eles.

  2. editor69 says:

    Nuno…não te sentes uma pessoa só e abandonada aqui no meio da esquerdalhada-patisserie?

  3. leonor says:

    concordo com a abstenção nas legislativas, não votei nas ultimas e não vou votar nas proximas a não ser que os candidatos sejam santos, mas como não acredito nisso, nem vou votar.

    Já nas presidenciais e porque os candidatos me merecem respeito, voto no manuel alegre.

  4. Ricardo Santos Pinto says:

    Não, editor69, o Nuno sente-se muito bem aqui. Entre amigos.


  5. É pá, obrigado editor69. Às vezes interrogo-me sobre quem sou, o que faço, para onde vou e ao menos já me dá pistas para uma das questões. Refiro-me, claro, à segunda: faço figura de tolo dando conversa a trolls.

  6. editor69 says:

    @Jorge Felizcorno…
    “troll”…
    está verdadeiramente na moda nos blogues…trendy…trendy…chic…
    quase tanto como andar de óculo de massa na FNAC Chiado.


  7. ó 69, discutiria cabalmente esse assunto com uma sandocas de iscas e um tinto de rasgar goelas.
    agora bolos, não faz o meu género. cada um é para o que nasce.

  8. editor69 says:

    @Zecardoso…isca é assim um pouco para o abichanado nao achas?…já o tinto…carrascão…
    é pra equilibrar a coisa é isso?
    Nã…bolos também não sou muito dado…umas gomas ácidas ainda marcham…mas bolos não.E também sou muito dado a hamburgueres…posso?


  9. Iscas, meu caro, é muito de homem. Conheci uma mulher que adorava iscas, foi-se a ver, era lésbica.
    O bifinho de hamburgo é admissível com uma boa mostarda e quilos de cebola, mas aqueles pãezinhos onde os envolvem, com sementinhas transgénicas, adocicados, consta que provocam alterações hormonais irreversíveis.
    Mas cada um mete à boca o que gosta, e bom apetite.

  10. editor69 says:

    @Zeca…a iscazinha macia macia é coisa de menina mesmo ainda que lesbica…ser lésbica não a põe homem…sabia?…
    de homem é sandes de courato com pêlo(se possivel pretos para arranhar a garganta como lhe parece agradar)…
    já as sementes trans se assim fosse andava por aí muita boa a gente a falar fininho…hamburger quer se no prato e comido com as mãos para se poder lamber os tais quilos de cebola a escorrer pela boca…à homem como lhe parece também agradar…cada qual lhe agrada o que lhe vai na alma!
    Bom proveito 🙂

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.