Oh! As telenovelas! As telenovelas!

telenovelas1

Começou outra telenovela na TVI. Como é possível? Outra? Mas estes gajos têm uma fábrica de telenovelas?
A felicidade é mesmo uma coisa idiota. Detesto mesmo – mas mesmo – pessoas felizes na TV.
Basta ver a carinha desta actriz aqui em cima. Existirá alguma coisa com ar mais idiota? Apetece mesmo dar-lhe uma lapada.
Peço desculpa pela sinceridade, mas não me consigo conter. É como ver fotos com gatinhos e bebés da Anne Guedes. Não consigo deixar de me rir. Agora a sério. A sociedade deveria fazer um boicote às televisões. Neste momento, a televisão é uma das raízes do mal deste mundo. A televisão como existe actualmente idiotiza a sociedade e, como alguém já disse, uma sociedade culta nunca será subjugada e oprimida por muito tempo. Vou deixar de ver televisão. Porque em verdade, tudo na televisão é falso. Toda a gente na televisão é simpática e feliz. Nos anúncios então é ainda muito mais grave. Não existe um único anúncio televisivo em que as pessoas não estejam felizes. Pessoas felizes invadem os ecrãs a todo o momento. Toda a gente ri e toda a gente é incrivelmente feliz. E para isso compram coisas.
– Pessoas felizes a comprarem medicamentos para a diarreia.
– Pessoas felizes a comprarem detergentes que são sempre melhores que os anteriores.
– Pessoas felizes a comprarem carros que são sempre mais seguros e ecológicos que os anteriores.
– Pessoas felizes a comprarem águas com sabores que emagrecem e fazem corpos esbeltos.
– Pessoas felizes a comprarem apartamentos cuja dívida só será saldada pelos seus filhos.
– Pessoas felizes a comprarem cremes para ficarem impossivelmente mais jovens.
– Pessoas felizes a comprarem shampôs para ficarem mais bonitas durante 6 semanas.
– Pessoas felizes a comprarem coisas de que não precisam, mas que têm mesmo que comprar.
– Pessoas felizes a comprarem televisões cada vez maiores.
Nos intervalos de um programa idiota qualquer, a lógica é esta: se é preciso mais tempo para estar com os filhos, compra-se uma máquina de lavar. Se é preciso dinheiro basta ligar para um número de telefone e tudo está resolvido e nem sequer é preciso pagar de volta. Se é preciso ter boa saúde basta beber um iogurte “activo”. Se é preciso qualidade de vida basta comprar um ambientador. Se é preciso melhorar os serviços de saúde basta ir a hipermercados que eles oferecem ambulâncias. Se é preciso apoiar crianças abandonadas e maltratadas compra-se um relógio. Se é preciso melhor ambiente e equilíbrio ecológico basta comprar um carro. Se é preciso elevar a auto-estima compra-se um cd. Se é preciso um amigo basta comprar um telemóvel. Olha que grande treta! Se calhar deveriam ser os donos das televisões a gerir o mundo, porque toda a felicidade deste mundo, afinal, está apenas à distância do telecomando. A felicidade total para esta sociedade encontra-se à venda nos anúncios de televisão e pode-se pagar em suaves prestações. Propositadamente, ou não, a televisão está a concorrer com a política numa falsa corrida a um futuro melhor que pura e simplesmente não é possível nem existe. O consumismo idiota de todas as coisas que não precisamos está a ser alimentado por uma televisão ainda mais idiota. É um beco sem saída. A sociedade está a ser lentamente idiotizada por uma televisão que não informa e apenas existe para vender e entreter. Tentar ver o mundo de um modo realista, ver as suas falhas e corrigi-las é a principal função do ser humano. Teoricamente, a televisão poderia ser um veículo para uma visão mais realista do mundo. Mas não é.
Se o mundo estiver para acabar com o impacto de um cometa gigante, as televisões vão fazer um directo repleto de comentadores e “paineleiros” que opinam sobre tudo, acompanhados de uma miúda giraça a pedir para contribuir num peditório por telefone para angariar fundos. É a mais pura idiotice.
Quanto às telenovelas… não tenho ainda uma opinião formada.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Há sempre um botão que se pode utilizar e acabar com a tormenta…


  2. Pois. Mas o problema fica lá. E o panorama português nem é muito mau, pelos vistos! Eu ontem passei pela MTV. Há anos que não via a MTV e fiquei surpreendido por um canal de música estar invadido por reality-shows. Tem um que se chama “My new BFF” (??) Concorre-se para ser a melhor amiga da Paris Hilton! Tem outro em que se concorre para ganhar o direito de namorar com 2 gémeas bissexuais!!! Não é tanga, é mesmo verdade! Se calhar já vejo pouca televisão e se calhar isto até já é normal!! Para mim não é! Devo estar muito desactualizado.

  3. Adalberto Mar says:

    Dêem a TV Cabo grátis ao povo-povão e vereis o destino das telefutilidades!!dalby

  4. maria monteiro says:

    Pois,pois! nas nossas casas ainda podemos desligar o dito aparelho. Mas continua a ser a companhia mais presente em muitos centros de dia, lares de idosos,…


  5. […] ele que se diverte tanto com os gatinhos da Anne Geddes […]

  6. Adalberto Mar says:

    A MTV é a coisa mais pornográfica, mais asquerosa, mais nojenta, mais criminosa, mais vulgar, masi repelente, mais rasca, mais imunda, mais badalhoca, mais canibal, mais predadora que eu conheço..deveria enviar-se, no mínimo para a MORTE, MAS COM HORAS DE TORTURA ANTES, TODO O PRODUTOR E RESPONSÁVEL DE TAMANHA E IMUNDA MERDA. É UM DOS MAIORES CRIMES DA HUMANIDADE AQUILO CONTINUAR NO AR. E UMA TRAIÇÃO À NATUREZA E À JUVENTUDE. É UM HITLER DE PELUCHE!ADALBERTO

  7. Luis Moreira says:

    Claro, tem uma influência imensa!


  8. Um dia alguém disse “ainda vamos ver um reality show onde os candidatos concorrem para ver quem se suicida em directo.”Já faltou mais.JP


  9. Eu estive a contar: são 13 telenovelas que dão diariamente em Portugal. E mais, se se retirar das listas de programação, as novelas e os “programas da tarde e da manhã” (não sei o que hei-de chamar a estas coisas), praticamente não existe televisão em Portugal. Não querendo ser “um intelectual de esquerda”, valha-nos ao menos a RTP2 que devia ser o verdadeiro barómetro da TV em Portugal.

  10. Luis Moreira says:

    Isto realmente é um nojo e ainda por cima são muito más !Mas a primeira novela “Gabriela” foi um êxito estrondoso, ninguem tinha visto nada assim cá no país.Foi um “aventar” extraordinário de ideias, comportamentos…

  11. maria monteiro says:

    É que parávamos mesmo em frente do pequeno ecrãn com “Gabriela” .Mas temos alguns bons actores, e os cenários escolhidos para as filmagens são pontos a favor (penso eu). Pessoalmente sempre que posso vejo “Equador”.


  12. “Alguns bons actores”. Concordo. Os actores volta e meia lá vão dizendo que é a única forma de sobreviverem também. A crise chega a todos. O problema são os outros (uma grande maioria) que não passam de “pessoal giro, bonito e com um bom corpo”… e as histórias são sempre as mesmas… e a quase totalidade das produções são fraquíssimas. mais valia canalizar os meios numa boa produção do que espalhá-los em várias más produções.

  13. Adalberto Mar says:

    PORRA!! JÁ VI QU EVOCÊS VÊEM MESMO TELEVISÃO DOS 4 CANAIS..NÃO SEI UM NOME DE TELENOVELA nem um actor nada nadaaaa..NEM VEJO NADA A NÃO SER A MM GUEDES..A ZANATTI DESAGRADA-ME NA 2..UMA MULHER COM UM PASSADO TERRIVELMENTE… TENEBROSAMENTE BELO, A MAGICAR BURGUESICES COM CRIANÇAS E PERGUNTAS DE TROLARÓ, ABSOLUTAMENTE IMBECILIDADES ADOLESCENTES! QUE PENA!dalby

  14. M. Abrantes says:

    Numa coisa deveríamos estar de acordo: a qualidade das actrizes melhorou substancialmente nos últimos anos.

  15. maria monteiro says:

    Procuram-se pessoas dos 18 aos 99 anos para escrever uma telenovela blablablabla…. O curso é dirigido pela STORY TIME, empresa que produz e edita conteudos para televisão, teatro,….. blablablawww.storytime.pt Deve ser mais um dos cursos das novas oportunidades O anúncio vem todinho no Metro de hoje


  16. Sim, há programas idiotas na televisão. Sim, há canais que só (ou quase) transmitem programa idiotas. Sim, há o botão off e até se pode desligar o aparelho da corrente, não lhe vá dar uma de ‘poltergeist’.Por outro lado, sim, há bons programas. Sim, há bons canais. A diversidade dos nossos dias permite uma ampla pluralidade de programas e opções que nos permitem fazer a nossa selecção. Mesmo apenas com os nossos quatro canais generalistas. Parte considerável da programação da RTP2 tem qualidade.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.