ainda bem que vivemos num Estado laico

caso contrário levaríamos com 4 horas de directo na televisão paga por todos nós para assistirmos em directo ao passeio da Virgem ao Miradouro.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Eu hoje achei aquilo um bocado forçado!Há aqui no Martim Moniz uma procissão que já se fazia na idade média, quando a peste assolava Lisboa, que sai de uma pequena Igreja, da Senhora da Saúde, e dá a volta pela Baixa. Não sei se é por ter esta carga histórica mas a verdade é que me comovo.Aquelas pessoas não sabiam que bastava tomar banho,lavar as maõs e ter retretes…

  2. maria monteiro says:

    É a Procissão de N Senhora da Saúde. Costumo ir à das velas que é à noite (foi no outro sábado). É verdade que é simplesmente comovente. De há um tempo para cá a procissão termina em S.Domingos. Bonita igreja cheia de verdadeira humildade (sem extras). E também o Memorial às vítimas judaicas ali mesmo em frente com o mural de Lisboa Cidade da Tolerância (escrito em várias línguas). Aliás o nosso 25 de Abril costuma terminar com o depositar dos cravos na Ig de S.Domingos.

  3. Luis Moreira says:

    Aquele largo é de uma beleza…costumo ir passear pelo menos uma vez na semana para a Baixa.

Deixar uma resposta