João Bénard da Costa (1935 – 2009)

Morreu hoje, com 74 anos de idade, João Bénard da Costa. Dados biográficos, podem ir vê-los à Wikipedia, mas, como é óbvio, a sua ligação ao cinema e à Cinemateca Portuguesa é incontornável.
Foi sempre polémico e a última polémica foi precisamente com Isabel Pires de Lima, ex-Ministra da Cultura. Nessa altura, e mesmo que o costume seja dizer bem de quem morre, foi extremamente deselegante e pedante com a antiga titular da pasta da Cultura.
Violentíssimo, Bénard da Costa disse-lhe: «Meta-se com gente do seu tamanho e haja respeitinho por quem não tem idade, nem percurso profissional, nem posição social para gastar mais cera com tão ruim defunta». Tudo porque Isabel Pires de Lima defendeu a criação de um pólo da Cinemateca no Porto e acusou Bénard da Costa de não o querer.
Terá sido o último episódio público de um grande português. Não apaga o seu passado, mas lamento que manche a sua memória.

Comments

  1. maria monteiro says:

    1935 – 2009


  2. Obrigado, Maria.


  3. Bénard da Costa foi importante para a Cinemateca. Foi um importante divulgador do cinema e merece ser recordado por isso. Deselegante foi muitas vezes, arrogante também. Não gostava dos seus textos. Mas foi ele que me chamou a atenção para Nicholas Ray.

  4. Miguel Dias says:

    Pelo contrário r. Acho que terá sido uma das mais brilhantes e certeiras tiradas do Bernard da Costa. Entretanto vou à estante buscar os Filmes da Minha Vida.