Casar só serve para procriar?


Se fosse verdade que o casamento só serve para procriar, colega e amigo Luis Moreira, não havia casais que expressamente não querem ter filhos. Nem havia velhotes a casar-se. Nem havia inférteis e impotentes a casar-se. Digo eu, que casei e não tencionava ter filhos, embora por um feliz acaso tenha tido uma (linda!).
Outra coisa: por que razão é que o facto de haver homens que desejam casar com outros homens incomoda tantos alguns heterossexuais? Será que isso diminui a sua masculinidade?

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Não, caro aventador, a mim não me faz confusão nenhuma.O que eu digo é que o casamento é mais importante que as razões que são apresentadas para acabar com ele ,tal qual o conhecemos, e que procriar é mais importante do que ,simplesmente, fazer sexo! Em lado nenhum digo que o sexo não é bom .

  2. dalby says:

    «tal qual o conhecemos»! LM: A.C 1093!(sem comentários!)Ele fez birrinha, ‘quê-lo todo, todinho para ele’!!(O CASAMENTO OF COURSE!!)!! GULOSA! MACHA!


  3. Tenho pena, caro Luis Moreira, de não ter o seu livro à venda no Estado Espanhol pois estaria tentado a um recensão crítica. Mas há cousas mais importantes de momento. Concordo com este aventador pois sempre me fez confusão essa história, essa interrogação que ele coloca no final do artigo. É que eu venho de um país onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo é uma realidade (até já há divórcios e tudo, veja bem) e não consta que o modelo de casamento que tanto defende alguma vez tenha estado em perigo.