O bom, o mau e o vilão

Gosto do anúncio. A música calma e tranquilizante. A leve brisa que percorre ao de leve os cabelos sedosos do condutor. O olhar para o futuro. A calma que transpira dos campos. O belíssimo pôr-do-sol. O sorriso confiante a quem foi transmitido o valor da tradição. A ligação do passado com o presente. O valor da amizade e dos amigos. O percorrer da auto-estrada como uma parábola do percurso de vida. A felicidade em câmara lenta…

…só é pena a Texaco estar a ser processada por 30.000 equatorianos, porque durante 20 anos – alegadamente – despejou toneladas de petróleo na floresta amazónica. A Amazonwatch denuncia a situação desumana. A Texaco entretanto foi adquirida pela Chevron e esta arrisca-se a ter de pagar uma indemnização recorde de 27 mil milhões de dólares. Esta era uma boa oportunidade para mostrar mão firme neste tipo de crimes, independentemente de quem é a culpa ou quem está envolvido. Mas não! Paga-se uma multa. Sendo provada a culpa em tribunal e a ser verdade, e já que agora está na moda, porque não uma nacionalização à bruta? Só para mostrar que isto é inadmissível. Só para mostrar que isto não quer dizer: “Preciso de fazer dinheiro, portanto, QUANTO É QUE CUSTA DESTRUIR ISTO TUDO?”. Em Outubro, os tribunais pronunciam-se pela primeira vez sobre este mega-processo. Provavelmente a primeira de centenas de vezes que o tribunal se irá pronunciar! É o normal neste casos “complexos” envolvendo empresas “complexas”. Mas eu aposto que tudo isto foi uma falha de um único funcionário local pouco qualificado…

Comments

  1. Luis Moreira says:

    No mínimo deviam ser obrigados a repor as condições anteriores ao desastre. Dava para 100 anos de custos, assim talvez percebessem que têm que respeitar a natureza!

  2. dalby says:

    vejam , vão ver o que a PescaNOva que em Espanha foi recusada, veio fazer ao paraíso de Mira-sul. Por acaso conhecia a fundo esta zona, porque ia para estas praias durante anos, fazer nudismo..Sócrates deixou entrar e agora tudo está a ser destruído e contaminado!

  3. Isac says:

    obrigado, dalby! não conhecia essa situação nem nunca ouvi falar! mas vou ver o que consigo encontrar sobre o assunto para poder aventar!

Deixar uma resposta