DN – 1,3 mil milhões de mentiras

Em manchete, o DN de ontem anuncia que a não construção do TGV implicava a devolução a Bruxelas de 1,3 mil milhões de euros !
Como já muita gente veio dizer é uma notícia falsa. Os apoios comunitários são concedidos em pacotes que se desdobram em projectos. O dinheiro que não se aplicar num projecto pode aplicar-se noutro projecto, já existente ou a criar.
Mas o que levará um jornal a dar uma notícia destas, quando milhares de pessoas lhe poderiam explicar como funcionam as coisas?
Se examinarmos a data da notícia, logo nos chama a atenção que o TGV era o projecto que estaria em cima da mesa na Comissão de Obras Públicas na Assembleia da República, onde o Ministro Lino se apresentaria nessa mesma tarde.
Não é pois, por falta de informação que este jornalismo se pratica. É por ser mau jornalismo, por dar voz a interesses instalados e poderosos que estão à espera de abocanhar o seu pedaço. Mesmo que isso seja muito mau para o país.
As notícias que hoje nos chegam, do Primeiro Ministro, do Ministro das Obras Públicas e do próprio Presidente da República, que atiram a discussão e as decisões para depois das eleições, mostram bem que o jornal quiz influenciar o que aí vinha.
É assim que funciona a promiscuidade entre o “jornalismo de sarjeta” e os grupos poderosos que nos controlam, e nos empobrecem. Não há fontes, não há cruzamento de informações, não se ouvem as várias partes interessadas.
Dá-se a notícia e depois espera-se que a Justiça à verdade diga nada!
Depois queixam-se que os jornais vão perdendo leitores.

Comments

  1. dalby says:

    Este Areeirosinho tem de perceber sempre de tudo…um dia até entra na minha área ( de sociologia) mas eu corro-o!! Já disse à Cláudia que ele queria o divórcio, por causa do Martim, mas ela diz que são só amigos….!!

Deixar uma resposta