Não baixo os impostos!

Há muito que temo que esta seja a única promessa que Sócrates cumpra se tiver oportunidade. Foi ele que subiu os impostos depois de ter prometido na campanha que não os subiria. Com um Estado cada vez mais disforme e anafado que já come 50% da riqueza produzida é óbvio que ninguem espera que os impostos baixem por iniciativa de quem os aumentou.

No entanto, há muita gente com provas dadas e muito mais capaz que Sócrates, que afirma que baixar os impostos seria um factor de dinamização das actividades económicas. Mas como em outras frentes, tambem aqui Portugal não tem margem de manobra. Isto é mais uma afirmação de impotência perante os factos que uma política conscientemente aplicada.

Sabemos que as contas públicas estão num estado muito mau, que a receita dos impostos não cresce porque diminuiu a criação de riqueza, que o crédito está cada vez mais dificil de obter e mais caro, resta o quê a Sócrates?

Meteu dinheiro às carradas nos bancos e nos grandes grupos económicos, não apoiou as PMEs, insiste em grandes projectos não tendo dinheiro, resta o quê a Sócrates?

Ser substituído, e depressa!

Comments

  1. dalby says:

    Este Luís precisa de ir para a Amazónia…!!!…. relax baby…. relax baby… just take it easy, man.!!.essas férias ainda te deram mais gás…!!!