FutAventar – O fora-de-jogo explica-se como?

A mãe do meu filho nunca tinha entrado num campo de futebol. No outro dia, um amigo meu, benfiquista dos sete costados, arranjou uns bilhetes e fomos todos ver o Benfica/Braga.

Dois penalties a favor do Braga não marcados e o golo da vitória benfiquista em fora de jogo.

Estavamos mesmo “no enfiamento” da área bracarense quando aconteceu o golo, pelo que foi fácil ver que o David Luiz estava em fora de jogo. O pessoal que não percebe de bola pediu imediatamente explicações, o que era isso do fora de jogo. A Lurdes então, não atinava, passou a ver fora de jogo em todos os lances, e como eram os avançados do Benfica que jogavam para aquele lado, a malta fazia um escarcéu sempre que ela gritava fora de jogo.

Bem, vem a segunda parte, e mudam as equipas de campo, com o Braga a atacar para o lado onde nós estavamos. Foi o bom e o bonito. A Lurdes continuou a gritar que era fora de jogo, e o pessoal à volta, passou a aplaudi-la, os mesmos que na primeira parte a mandavam calar.

Eu ainda tentei explicar-lhe, mas como é que se explica que o fora-de-jogo é sempre a nosso favor?

Comments


  1. Grande Luís, estou a rir a bandeiras despregadas (é assim que diz não?) esta estória faz-me lembrar a primeira vez que fui à bola (na catedral é claro) com a minha mãe. Um benfica porto nos idos de setenta , a única vez que vi o rei jogar., resultado final 4-3 (se não me engano). Desculpa não contar, é matéria para um post em data oportuna.


  2. Além de ser uma regra ridícula, o fora do jogo dá sempre para estas coisas engraçadas. Estou convencido que o fora do jogo não deixa de existir para dar sempre polémica.

  3. maria monteiro says:

    E afinal o que é fora-de-jogo?

  4. Luis Moreira says:

    o jogador que marca o golo tem que ter dois jogadores contrários entre ele e a baliza. Isto é o certo. Depois há milhares de regras que são aplicadas conforme as circustâncias. A Carolina e a “fruta”, por exemplo, era uma das regras que se aplicavam ao FCPehehehehe

  5. maria monteiro says:

    LM, obrigada pelo esclarecimento.Quer dizer que quem marca um golo tem que enfrentar dois jogadores da outra equipa mais o guarda-redes… não parece ser nada fácil A Carolina, a «fruta» e todos os mexericos que giram à volta do futebol é porque eles estão sempre todos não fora mas… “dentro-do-jogo”

  6. Ricardo Santos Pinto says:

    Calabote


  7. Zé Freitas: o fora de jogo é a única regra que faz sentido no futebol.


  8. Calabote!!!


  9. Como podem atestar a malta do fêquêpê, apesar de não nascida à época, evoca esse nome como nós evocamos o de eusébio – ainda para mais sem o rigor histórico que a profissão de alguns obrigaria. Carago: façam-lhe uma estátua na extrema sul da alameda. Mais que Cubillas (esse sim um grande jogador) aí está o vosso herói : o grande Calabote. Um árbitro, pois quem mais.