Regionalização: Chegou a Hora!

Ainda por causa desta posta de excelência recordo o tempo em que Paulo Rangel defendia, isto antes de o mandarem de castigo para Bruxelas, a fusão de Porto e Gaia e as vantagens de tal decisão.

Já na altura procurei acrescentar Matosinhos (Porto de Leixões) e parte substancial da Maia (Sul e Poente – Aeroporto Sá Carneiro). Seria uma verdadeira cidade europeia com território e massa crítica suficiente – e não descartaria a possibilidade dela ser criada pela fusão de todos os seis concelhos circundantes, ou seja, Gaia-Porto-Matosinhos-Maia-Valongo e Gondomar.
Para Portugal seria melhor: 5 regiões (as CCDRs) mais duas grandes cidades (Porto e Lisboa) e as duas Regiões Autónomas. Esta lógica administrativa é a que melhor serve o interesse nacional. Penso eu…de que…

Todo este relambório a propósito do resultado das legislativas. A soma do número de deputados do PS + BE + CDU, acrescidos de parte dos deputados do PSD e do PSD-M, são mais do que suficientes para o futuro governo apresentar na AR a proposta de realização de novo referendo sobre a Regionalização em finais de 2010 ou no primeiro trimestre de 2011.

Estou para ver se Sócrates vai cumprir esta promessa. Para Portugal, para o seu futuro e a sua coesão nacional é, de todo, urgente. Vamos a isso?

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Fernando, se houvesse vontade política tudo seria fácil, bastava que os presidentes das câmaras se coordenassem numa entidade administrativa que, aliás, podia reflectir o resultado das eleições, e daí retirar a necessária credibilidade e legitimidade.

  2. maria monteiro says:

    o problema está mesmo aí no”bastava que..” para que alguma coisa resulte tudo tem que ser complicado, muito papel, muita reunião, muita massa cinzenta ali a queimar sapiência … e no fim de meses, anos tudo continua na mesma ou avançou muito pouco… esse bastava que é a vontade humana … a vontade politica é mais de ocasião “dá forte mas passa depressa”

  3. Desassossegado says:

    Caro Fernando,Admiro e muito a tua capacidade de sonhar. Partilho da tua opinião, sobre a grande cidade, no entanto creio que o projecto é demasiado ambicioso e motivo de preocupação para os senhores que têm o cu sentado em Lisboa. Só a ideia existir de seis concelhos unificados no NORTE do país é aterradora. Mais fácil é tentar com os galegos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.