Um aventador de peso

Tenho hoje um grande prazer em apresentar um novo aventador: Artur Moreira. Vai começar dentro de dias e, por todos os motivos, penso que pode ser considerado um aventador de peso.

Nas últimas eleições, Artur Moreira votou no PS, o que, convenhamos, não é um grande cartão de visita. Para além disso, é lampião, mais um a sair da toca nestes dias de justificada euforia vermelha. Cúmulo dos cúmulos, é de Gaia.

Diga-se em abono da verdade que eu não gosto muito dele. Um sentimento que já me invade há alguns anos, mais concretamente desde o dia em que o conheci num célebre jantar em S. Pedro de Raimonda, freguesia do concelho de Paços de Ferreira, essa terra onde vicejam @s veigas e ainda mais os caloteiros.

Mais recentemente, convidei-o para jantar em minha casa e, de forma diabólica, sabotei a cadeira em que ele ia comer (na foto). A ideia era que fosse pôr uma cruz no PS com uma palhinha na boca, mas devia ter serrado as quatro pernas da cadeira e não apenas uma.

Mas trabalho é trabalho e Artur Moreira vem enriquecer o Aventar. É isso que interessa nesta fase em que voltamos às audiências a sério, esquecidos que estão os malditos «hackers» que nos deixaram de olhos em bico.

Tratem-no bem, por favor, senão ele começa a disparatar e nunca mais se cala – acreditem que é verdade. 

 

Comments

  1. maria monteiro says:

    Enriquecer o Aventar e começa logo a imitar um PM (o tal que caiu da cadeira)


  2. Não tínhamos já cá um peso “pesado”? o “sinaleiro da Areosa”? Um abraço, Artur, mas cuidado que usar Moreira  tem muito que se lhe diga.

  3. Daniela Major says:

    É do Benfica e isso é que interessa!


  4. Seja bem-vindo…mas, mais um lampião? “Tamos feitos” que já ninguém os atura.Venham de lá essas postas!!!!


  5. Lampiões, por todos os lados (parece o ataque do glorioso…)


  6. Pois eu não podia deixar de vir wellcoming aqui o vosso novo fala-barato…provavelmente mais um «desempregado» de longa duração como as pilhas duracel, do género daqueles que o PS vai mandar pó caralho…. e tu , Ricardin adoro a tua versão velha católica misericordiosa recepcionista, feito velhina católica-apostólica-evangélica caridosa vais receber com umas cervejolas à mistura e claro «fica tudo em suor e alegria»o novo falador!!!..Enfin, un petit peu du même…. MAS COMO NÃO CONHEÇO NEM TENHO INTERESSE EM CONHECER O NOVO FRANGO DO AVIÁRIO QUE VAI ABOCANHAR A FUNDO O DISCURSO TIPO MADE BY AVENTAR, tenho somente uma coisa profundamente epistemológica e existencial, filosófico-sociológico-psicológica a dizer-te Ricardin, e ao desempregado-escorraçado do PS. «CARALHO aquela cadeira desta post , na foto, diz tudo sobre a pobreza suburbana» dasss  !! Dassss devias era ter escondido a cadeira Ricardin!!!! CU meu nunca se sentaria numa coisa daquelas, que material mais foleiro, pirosa duvidosa, escorregadia  Oh Homem eu compro-te umas 4 mas nada daquela suburbanice dasss pobreza sim mas tanto não!,….aquilo não é brega!! AQUILO É A ALMA PORTUGUESA SUBURBANA, AQUELE PLÁSTICO BRANCO É O PORTUGAL PROFUNDO DA PERIFERIA…REALMENTE, MEU CARISSIMO REI DOS REIS DA BLOG OH BLOG ESFERA….AQUELA CADEIRA DIZ TUDO, É O 11 DE SETEMBRO DOS BLOGUES! Com aquela cadeira a Claudia Jacques nunca se iria apaixonar por ti, if you know what i mean! DESCANSA EM PAZ DUDalby (meu novo nome após o casamento!!)


  7. Querido Dalby, lamento informar-te mas a tua humilde sala de jantar não teria capacidade para 25 convidados. E estou em crer que não teria capacidade para 25 cadeiras, todas elas em pau da melhor qualidade, daquele pau que é rijo como um tição. És especialista nisso, não és?


  8. Ricardinho da Fonte da Telha! Não sei porquê mas digámos que de vez em quando tu «descontrolas-te» e eu dou-te nessa testosterona com o meu jeitinho único e digámos também… que ficas com uma espécie de «tesão verborraico» na tua linguagem, não sei o porquê desse uso comigo de pau contra o plástico!!!, se é já abrindo os colarinhos da camisa e mostrando como és peludo no peito e macho nas encruzilhadas ou um ‘mata7’ ou um ‘papãoLULU’, mas a verdade é que não podes negar que eu liberto em ti essa vontade de ser furacão um pouco aldrabão, um comeconas antiPS, enfim, eu mexo com a tua química e sobretudo a minha química con a tua mexe!!!.(daqui a pouco temos os clássicos javardos do costume a vir a correr aqui chamar-nos de paneleiros, isto porque de repente os fantasmas deles abrem-se e ficam out of control que nem a Laura Brandigan!!!…Eu de paus percebo absolutamente menos do que tu, e de madeiras muito menos, QUERIDOooooo Chefe!!!!, mas olha que daquela acima, daquela cadeira sebosa terceiro mundista guineense eu percebo o que é e NÃO QUERO, tenho cadeiras de LOUIS XIV chez moi, como sabes que são um «trop trop»!!! E não sentaria o cu numa delas das de cima que pululam o teu jardim, agora se me ofereceres uma de bom pau do ceilão ou de mógno ah eu sento-me não uma mas toda a vida, mas parece-me que pelo que vejo, e como és «só professor» o que me tens a oferecer é mesmo uma de plástica que se racha ao 1º cu de homem duro rijo e peludo, como eu, e claro o meu belo cu de lenhador!arruinaria com a puta da cadeira de plástico!| (sempre é melhor falrmos disto que da Face Oculta, que aí mete outros cus, o do Socrates e o do socateiro e o do ex director do BCP, repara no que acontece quando se usa pouco ou mal o cu! Eu hoje usei-o e bem no meu belo selim da minha super bicicleta no meu belo fato Batman Ciclista  de couro duro para resistir ao vento e ali vai dalby contra o vento e montando como o jimmy morrison riders on the storm de boné sexy óculos palyboy NEW YORK..um sussexo na arte de ciclar..voando sobre bosques, estradas e enseadas livre como  música »sara» dos fleetwood mac, neste caso não sara mas Dalby, o joaquim ãgostinho ia ter orgullho de mim se me visse ali!!! um dalby Natura em plena Natureza..depois percorri a praia e o vento que dava nas dunas era poesia aos meus ouvidos caminhei corri até aos pescadores longínquos perdendo-me no horizonte..depois um h club um banho turco e um jantarinho francês..já nem quero ir ao cinema..é um xixi cama que amanhã há mais….Olha voltando ao pau e às cadeiras obviamente que tu sabes do meu ultra bom gosto e do que gosto ou não , pois és o único Aventar que tem a chave da minha vida (yesssss gulosos!! nem nos vossos sonhos, também sei muito do nosso REI!!!Por isso é que ele é o chefe caraças!!!) e como sabes o povo do aventar sabe que, para além de um pouco louco, tenho bom gosto…Mas agora falando de ti..e das cadeiras e do pau..eu podia-te dedicar uma canção da minha nova loucura diva paixao stevie nicks…dos fleetwood mac, loucooo por ela, e dedicar-te «tell me lies tell me sweeet little lies»(MAS PODIAS PENSAR QUE ERA PIADA!!!) mas levas  o melhor deles e dela, o meu diamante dos fleetwood mac e, if you know what i mean, comes e calas….«AS LONG AS YOU FOLLOW»..é metafórico e resume um aviso!! heheheheh… ai vai e depois vou trabalhar, preparar a entrevista que no dia 9 tenho uma entrevista ao sr presidente da c.municipal de aveiro..!!!e nao sejas curioso nem em private te digo! why i m going to interview the whole world!!!TENHO DE PREPARARA AS PERGUNTAS..FICA COM A UNICA A IRRESISTIVEL E MELHOR QUE O PAU DAS TUAS CADEIRAS STEVIE NICKS AS LONG AS YOU FOLLOW! O MEU LEMA PARA HOJE? É ESTE ..SIM ÀS BICICLETAS E NÃO AOS MÉDICOS NEM AOS PROFESSORES TÉTÉS! IF YOU KNOW WHAT I MEAN , AS LONG AS YOU FOLLOW! DALBY ABISSUM:

    (http://www.youtube.com/watch?v=kyIcjroGfnM)  


  9. Mas a cadeira é mesmo uma metáfora!!! Se eu fosse aí um dia a casa e me mandassem sentar numa cadeira fatela destas eu atirava logo a cadeira à cabeça do proprietário da casa e mandava-o para o….para o…lo…álálálál…ah lá lálá dalbito

  10. Anónimo says:

    É burro, é parvo e quer mostrar que arranha línguas porque dá erros de português, uns atrás dos outros. E faz entrevistas? pobre país, pobres pais…

  11. dalby says:

    Cale-se invejosa e burra! Aqui é para relaxar..nem releio o que se escreve à pressa oh tonta! E deixe de ser cobarde porque pior e menos digno do que dar entrevistas e dar erros É SER COBARDE POR ISSO VÁ À BURDA…M…IDENTIFIQUE-SE CABRA!adeus nao há mais respostas a anónimos..Ricardo, se não és tu aqui feito ‘anónimo’ tira já este comentário insultuoso aqui ao Génio do Aventar! tu disseste que sem identificação e email ninguém podia emitir comments..então? põe esta na rua! jÁAAAAA!!! Ela que vá chamar parvo à grandessissima Pq a p.!ORDINÁRIA!

  12. dalby says:

    EU NAO SEI COMO POSSO CONTINUAR A ACEITAR UM BIG BOSS UM CHEFE UM PRESIDENTE UM PODEROSO DO BLOG um maisktudo chief e nosso rei COM UMAS CADEIRAS LÁ EM CASA ASSIM! MEU DEUS QUE POBRE! NO ANIVERSÁRIO DELE VAMOS TODOS JUNTAR E FAZER UMA VAKINHA PARA LHE OFERECER UMA CADEIRA LOUIS VITTON!!! AO MENOS UMA! PARA QUE ELE SAIBA QUE O MUNDO DELE NAO É O MUNDO DO GERAL!QUE HÁ MAIS MUNDO PARA LÁ DE RIO TINTO (SIC!!!) HAJA BOM GOSTO! DASSSS! dalby

Trackbacks


  1. […] Um aventador de peso […]