Após um texto violento crítico do actual governo

o Pedro Lomba «A propósito do que li aqui e aqui, confirmo que publiquei esta crónica no Público a 12 de Novembro, quinta-feira e na segunda-feira da semana seguinte, dia 16 de Novembro, a 2 horas de entregar o meu texto pronto para ser publicado na edição de terça do Diário Económico, como sempre fiz desde o princípio de 2008, fui contactado pelo editor de opinião do jornal informando-me de que a minha colaboração era dispensada. Não obstante ter escrito imediatamente ao director do Diário Económico manifestando a minha surpresa por ter sido dispensado sem uma explicação no próprio dia em que iria entregar um artigo, não recebi qualquer resposta

 

Aventado ao Blasfémias e à Helena Matos

 

Exemplos de liberdade de imprensa, casualidades, a que nos vamos habituando sem mugir…

Comments

  1. dalby says:

    Luis, abraço rapaz, estou contigo, isto começa a doer…e tu nem sabes o que me aconteceu a mim….o teu caso, o vosso caso, é uma pena de faisão..comparado com o que o sitema me fez, me está a fazer e o futuro nem sei, já não depende só de mim, mas de advogados etc etc etc…mas NÃO POSSO DIZER NADA, vocês iam morrer!!!Hei de falar depois..  Mas estou contigo! abraço, passamos todos em todo o lado um MAU MOMENTO…OS SERES HUMANOS SÃO MESMO TERRIVEIS, MEU DEUS DO CÉU, AS VOLTAS QUE DEMOS, AS GUERRAS QUE PASSAMOS, O QUE SE SOFREU E VOLTAMOS AO MESMO, DE UMA MANEIRA MAIS POS MDOERNNA MAS A ESSENCIA ESTÁ LÁ..  A MALDADE…. dalby