Ainda os concertos "subsidiados" dos U2 em Coimbra

À atenção do Fernando Moreira de Sá, a quem agradeço a dedicatória mas não perdoarei ter passado pela minha aldeia sem termos bebido um copo: a Turismo de Coimbra, Empresa Municipal, tinha 200 000 orçamentados para animações paralelas aos concertos e para as festas da cidade. Eu diria que a uma boa fatia do bolo foi gasta em Julho. Está em acta municipal, e em Coimbra só não sabia quem não lê blogs.

Claro que a isto convém somar a limpeza (30 000, se bem li), os transportes, e mais uns trocos para acabar as obras do estádio onde não entravam veículos pesados.

Devo dizer que concordo em princípio com o que o Fernando escreveu, e só agora li. É obrigação do município de uma cidade que se pretende destino turístico assegurar uma boa estadia a quem nos visita e o retorno económico foi mais que óbvio. Muita gente prolongou o fim-de-semana em Coimbra até ao 5 de Outubro, e isso foi bom para o comércio e a hotelaria.

De resto quem ganhou mesmo com o negócio até foi a Académica OAF que gere um estádio municipal como se fosse seu, mas antes assim que por outras vias, e deixo o seu presidente arguido Simões para outro dia que hoje não me apetece falar de coisas tristes.

Comments


  1. Meu caro, não tem perdão não ter ido beber um copo contigo mas reconheço que estava tão absorto no concerto que foi chegar a Coimbra, entrar o estádio e regressar ao Porto.

    Ficam aqui as minhas públicas desculpas!

Deixar uma resposta