Pressionaste, Lopes da Costa, ai, ai

Sempre pressionou segundo as conclusões do inquérito. Pode vir agora a ser alvo de um processo. E fica a pergunta.
Mas se Sócrates nada tem a ver com o caso Freeport, as pressões servem para quê? Arquivem que estão sós, terá dito o magistrado aos colegas.
Mais papista que o Papa?
A versão agora vai ser que Sócrates não pediu nada a ninguem, que foi Lopes da Costa por sua conta e risco que se deu áquele trabalho. Mais do mesmo.
Acontecer aconteceu, mas eu não sou responsável! Nem o conheço, apesar de ter sido meu colega no Governo, de ser meu camarada no partido, de ter sido nomeado para um lugar no Eurojust por um governo PS! Nunca o vi!
Há quem acredite nisto?

Comments

  1. Carlos Fonseca says:

    Luís, inacreditavelmente, há ainda quem acredite na versão oficial do Vtalino e do Santos Silva – olha que dois!. Mas também há outros, os iluminados socráticos, que vão defender a tese de que o Senhor Primeiro Ministro, coitado, nem sabe quem é o Lopes da Costa e que a comunicação social e forças ocultas estão mais uma vez a mover-lhe uma perseguição infame. O homem é uma vítima.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.