Paulo Morais – Matosinhos Merece:

<img class="size-full wp-image-3748 aligncenter" src="http://aventar.eu/wp-content/uploads/2009/05/o_paulo_morais.jpg" alt="o_paulo_morais" width="150" height="235"
Eu gostava de ver Paulo Morais candidato a Matosinhos.
Numa disputa entre Narciso e Guilherme, Paulo Morais seria o candidato ideal para fazer a diferença. A estrutura local do PSD não quer. Alguns notáveis do partido não o desejam. Quase ninguém acredita que possa ser um candidato com hipóteses. É o tipo de desafio que vale a pena.
Ao contrário, eu acho que Paulo Morais pode ganhar. Por ser diferente numa luta entre iguais. Para ser consequente com o discurso político que, sobretudo depois de sair do Porto, passou a ter.
Será que o PSD o deixa ser? Será que apenas Marco António o deseja ver nesse papel? Aliás, permitam-me uma referência especial ao líder da distrital do Porto: que grande surpresa vê-lo como defensor da candidatura de Paulo Morais. Demonstra visão e vontade de marcar a diferença pela positiva.
Francamente, Matosinhos merece uma candidatura de alguém como Paulo Morais. Será que o aparelho deixa? Não me parece…

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Sem dúvida, é claramente um candidato muito acima do nível habitual.Oxalá avance!Se o aparelho não deixar vocês aí em cima façam como fez aqui a Helena Roseta.Avamcem com um movimento cívico de apoio a Paulo Morais.Aqui Roseta já é a terceira força.

  2. Adalberto Mar says:

    Ele é bom, MAS YOU AIN’T SEEN NOTHING YET baby!!!..WAIT AND SEE!! do que é feito o nosso super candidato do BLOCO, aquilo sim é argamassa do melhor que há para político e politicar!dalby

  3. Marta Fidalgo says:

    Se alguns do PSD o querem, falta saber se Paulo Morais quer entrar nessa luta . Acho demasiado superior para entrar nessas batalhas. ERa preferível vê-lo num lugar mais nacional onde pudesse de facto mudar as coisas. Pelo que tenho lido dele, poderíamos ter um Portugal melhor!


  4. Fiquei com má impressão de Paulo Morais desde a «estória» dos arrumadores. Demitia-se se ainda houvesse arrumadores ao fim de um ano. Depois viu-se. Andavam a empurrá-los para os concelhos vizinhos. E nunca desapareceram mesmo.Nos últimos anos, talvez porque saiu da política activa, a minha impressão sobre ela tem melhorado muito.


  5. A opinião que tem vem do trabalho dele como docente – quanto ao resto não tenho opinião. Ser íntegro e sério são boas características, mas isso está longe de ser suficiente para se ser político. Especialmente em matosinhos eheheJP

  6. Luis Moreira says:

    Marta, os movimentos de cidadãos e a eleição de cidadãos independentes é uma das formas de romper com o poder absoluto dos partidos que é muito superior cá do que nos outros países,devido às circunstãncias em que foram criados! O financiamento dos partidos mostra bem o medo que têm deles.Foram completamente afastados para lhes dificultarem a vida!


  7. Como já por aqui disse, gostava de ver Paulo Morais como candidato em Matosinhos. Mas admito que, por não ser um ‘aparatchik’, perde pontos em relação a outros, mais permissivos.

  8. Adalberto Mar says:

    NARCISO MIRANDA: O POINTS! NÁRCIZÔ DE MIRRÀNDÁ UN POINT?! NÃO !UM PUNHO MAS NO QUEIXO! DO PIOR!

Deixar uma resposta