A campanha da CDU

A três dias do fim da campanha para as Europeias, é hora de fazer o balanço da campanha da CDU.
Nada de novidades, como seria de esperar. Uma máquina bem oleada, com um forte aparelho sindical a ajudar e um núcleo de funcionários eficientes, teria de dar este resultado: uma campanha forte, na rua, com uma candidata muito à vontade na relação com o povo e com os temas que realmente interessam e afligem os portugueses: a crise económica e o desemprego acima de todos os outros.
A grande manifestação dos 85 mil, antes ainda do início da campanha, prenunciava o que viria a acontecer. Da mesma forma, não se crê que os resultados finais venham a divergir muito do habitual. 14,4%, em 1989, foi o melhor resultado da coligação. 9,09%, em 2004, o pior. Algures por aí, digam o que disserem as sondagens, estará o resultado da CDU.

Comments

  1. Adalberto Mar says:

    ‘tadinhos!!!