Morreu Hermínio da Palma Inácio


Palma Inácio no momento da libertação após o 25 de Abril

Morreu hoje Hermínio da Palma Inácio, um combatente antifascista, um dos homens que mais golpes assestou na ditadura – assaltou bancos, desviou um avião, tentou tomar a Covilhã, evadiu-se da sede da PIDE no Porto… Ao contrário dos muitos «guerrilheiros de café», que passavam o tempo em conspirações inócuas e muitas vezes eram presos sem nada terem feito, Palma Inácio não distinguia a teoria da prática – projecto conspirativo elaborado era para concretizar. Pode concordar-se ou não com o seu percurso político. De uma coisa podemos estar certos, morreu um homem corajoso, um homem que lutou pelas suas ideias, que resistiu à tortura, que defrontou sem medo os seus adversários. Estamos mais pobres.

Comments

  1. nuno granja says:

    Este é post das poucas referências que li em blogues a um dos lutadores contra a o regime dicatorial que mais admiro.Em vez de fazer reuniões a discutir teses de Moscovo ou a justificar a invasão das Checoslováquia, Palma Inácio efectivamente combateu o regime com golpes bem fundos.O facto de não ter apego ao poder nem se ter queixado pela forma como foi tratado pelo regime democrático, faz com que ainda lhe tenha mais admiração.Paz à sua alma e os meus sentimentos aos que lhe são próximos.