Poemas do lusco-fusco

Todos somos fingimento
para descanso dos nossos fantasmas.
Por isso não interessa dizer
que a nossa voz há-de cantar
no tempo em que morrem as flores.

   Todos somos fingimento (adao cruz)

Todos somos fingimento (adao cruz)

Comments

  1. Alberto Machado says:

    Fantasma é coisa que o Adão não é! Está sempre cá metido!


  2. E deixa-o estar que está MUITO BEM!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.