Ministra da Educação: nem a Diana Chaves

A Srª Ministra da Educação dá uma entrevista ao DN.

Para início de papo e para tornar o Aventar uma revista de Domingo resolvi ir buscar a única novidade de toda a entrevista:

O seu nome surge em 598 mil referências na Net. É a portuguesa mais comentada, supera Ana Malhoa e Luciana Abreu juntas. O que sente ao ter tanta visibilidade?

Não procuro o meu nome na Internet e não sinto nada de especial em relação a isso.”

AnamalhoaLuciana Abreu

E de facto os número não mentem. Uma pesquisa no Google feita agora mesmo mostrou os seguintes resultados:
– Ana Malhoa: 267 mil; Luciana Abreu 404 mil e, imaginem só, Lurdes Rodrigues 986 mil.

Bem vista a coisa não entendo o critério do Google porque sempre pensei que havia por lá gente da área do SILICONE valley, mas afinal parece que não.

Continuei a minha intensa pesquisa científica e resolvi acrescentar o nome Maria ao dois restantes da Srª Ministra e…
Surpresa, os resultados descem para 676 mil – isto leva-me a pensar na influência que o divino tem nestas coisas da matemática.

E para tornar este post um sério candidato ao troféu “Post dos Carvalhos, pré-Argoncilhe” do aventar (depois de todos os posts Dalbyanos) eis que fui comparar os números com a Diana Chaves.

Dianachaves
E… Sim. Isso mesmo. Nem a Diana Chaves (808 mil) .
É verdade que se lhe juntar os do César (294 mil) podemos ultrapassar a Ministra…
Mas e se lhe juntar o Valter Lemos (867 mil) e o Pedreira (653 mil)?
Uma equipa imbatível. Sem dúvida.

Duas notas de rodapé que me parecem óbvias:

– o título do DN, ao associar a Ministra ao Sócrates e a trazer o Sócrates para o primeiro plano do conflito na educação é um desastre para o inginheirú!
– Está descoberta a próxima primeira capa da Playboy. E, desta vez, sem silicone!

Comments

  1. Luis Moreira says:

    O amor é o sentimento mais perto do ódio.Ou é ao contrário? Os professores não largam o assunto.Oxalá sejam tão determinados para exigirem uma escola pública autónoma.

  2. dalby says:

    Este Luísinho do Holmes não larga o apito e a rima da maldita «escola pública»!! Porque se mete sempre na Educação? Não que não tenha razão, mas seria melhor ir até ao Pavilhão Chinês debater os atributos da Ana Malhoa ou da Jacques com o colega Teixeira PINTO(!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!))))!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. dalby says:

    JP espero que não se refira a MOI, que anda afastado de todas as questiúnculas «menores da Educação e Cultura», agora que ando numa diária de praia Nudista de Torrão do Lameiro…ainda hoje fui com um caro amigo, comum a Luis M, e com o Willy..vimos o pôr do sol, e fomos comer depois ao Furadouro um delicioso canelone e um creme de caramelo…..agora um horror movie e dormir…amanhã super health club para queimar as calorias do weekend!


  4. Luís, ódio é uma palavra que não entra no dicionário cá de casa até por uma questão de educação. É mesmo só uma impossibilidade: a minha racionalidade termina no momento em que leio, vejo ou penso naquela gente hehehePor outro lado, vivo na freguesia anexa ao Dalby, mas o anexo local é mesmo ele.Sim, “Dalby in-carvalhos-health-center-pipocas-zoom-casa-banho-shopping”, era ao prémio do “toi” que me referia!JP


  5. Experimentaste pôr os nomes entre aspas?Nereida – 1.5550.000Ana Malhoa – 252.000.Luciana Abreu – 244.000.Maria de Lurdes Rodrigues – 193.000 resultados.

  6. dalby says:

    Uma rectificação, pois o meu amigo e vizinho acima, JP, fez uma ligação mais EXPLOSIVA e perigosa do que as discussões eróticas sobre mulheres, entre LM e Teixeira Pinto na DGS!!! O meu caro JP, esclareça já pf que acima quer referir ‘banhos’ (de praia) e não ‘casa de banho’ (de shopping! que odeio, ambos!)! ISSO DÁ TRADUÇÃO DE =ENGATE DE CASA DE BANHO, O QUE SABE PERFEITAMENTE QUE NÃO É ABSOLUTAMENTE NADA COMIGO, uma vez que o menino de ouro do sindicalismo sabe perfeitamente todos os recantos da minha alma e vida e por isso sabe que isso é IMPOSSIBLE!!!NAO SOU DA CIENTOLOGIA NEM O CRUISE DO TOM! SOU RAPAZ DE PRAIA, SOU RAPAZ DE BOSQUE, SOU RAPAZ DE BAR-DISCO, MAS DE WC , NÃO, DE MODO ALGUM!!! NADA contra quem o faz, cada um é quem é, cada um tem os seus fantasmas, por exemplo o nosso superior R’ adora chôpes de cerveja nas esplanadas de Vila do Conde, o nosso intocável LM do Holmes adora o Pavilhão Chinês (e discutir longas conversas sobre os atributos das gajas com TP), a Maria, de comboios e longas viagens e jogos de futebol, A Carla nunca acreditou que um homem deva ser mais maduro que uma mulher para dar resultado (isto foi inventado a ver se cola!!!),MOI,eu, ao contrário, tenho outros fantasmas (quem me dera!!Já os realizei, infelizmente, todos!) gosto de me despir (aliás actividade muita permanente a que me dedico com alma e corpo enquanto posso!) nas praias, nos bosques -quando há picknicks- e nos bares (disfarçadamente estou vestido mas faço tudo ao canto como se estivesse nú!)! Penso que é uma postura adequada a um rapaz que nasceu, cresceu, foi educado pela Igreja Católica Apostólica, influenciado pelos claretianos, frequente leitor das leituras de domingo das missas, bom filho e dedicado à mãe, frequentador dos passeios do colégio universitário Pio XII, amigo das minhas inúmeras amigas, das velhinhas e das ONHG’s, frequentador de barbeiros só para homens de barba rija e peludos como eu..NÃO ESTOU A VER COMO UMA COISA IMPLIQUE COM A OUTRA! Não sou nada hipócrita!NÃO TOU’ A VER ALGUM DEFEITO FÍSICO VISIVEL..TENHO-OS NO SITIO, E A NATUREZA DIGA-SE DE PASSAGEM FOI GENEROSA -EM TUDO- COMIGO!!!(jejejejej!!)…DIZEM-ME UM POUCO DE MAIS NA LÍNGUA…(QUE FALO MUITO, não o que estão a pensar!!)…É só..um bom dia do petit dalby..tenho de me vestir pois a Cândida, uma das minhas duas mulheres a dias está a chegar e não quero que ela se entusiasme e me veja assim!

  7. maria monteiro says:

    Pois é verdade que gosto de comboios porque me deixam ver os sítios por onde vou passando…. agora estou mais dedicada a pequenas viagens .. ensinar o meu filho a aprender a gostar de Portugal, dos seus monumentos, das suas gentes… isto pega-se… já há colegas dele que pedem para ir connosco. É nestas pequenas viagens que aprendem depois a partir para grandes viagens e …sentirem o bom que é regressar a casa.“A”, baralhou … jogos de futebol não é comigo.LM, Pavilhão Chinês no Príncipe Real? pois era um espaço bastante simpático…

  8. dalby says:

    Mas o nosso LMHP (H-holmes -P-place,nova terminologia mais ‘sofistiqué’ que o saudoso «Luisinho do Areeiro») que lhe fale das belas conversas sobre o sexo feminino que lá tinha em tempos idos, com TP!!! É um diabrete mesmo, ele precisava era de viver na Arábia, tamanha é a gula de LMHP pelo sexo oposto!!! Claro que é um elogio, pois se o apetite é assim desmesurado pois nada a temer…é um homem do NORTE, e de muito alimento!,… Digo Maria, francamente, e sobretudo em LISBOA A.Mª , eu acho que as mulheres cada vez têm mais liberdade, e ,..ironicamente ..menos homens! ESTA É UMA VERDADE INCONTORNÁVEL, E como elas «acertam neles»!! É «defeito de geração», mesmo mesmo fraca pontaria…!!!jejejejejejej!!!!As muheres , e são muitas, as que conheço, não estão nada satisfeitas com os homens que escolheram como companheiros, no geral, e quando optam, optam mal: ou são gays, ou são comprometidos, ou são casados, ou então envolvidos em actividades que dispensam a família, e quando há algum desgraçado que lhes quer dar atenção e que é um «touro sexual absolutamente hetero e fodilhão, capaz de mil prazeres» ELAS querem vê-lo a léguas porque não faz ABSOLUTAMENTE NADA O NÚMERO-GÉNERO DELES..Querem ver pêlos ao longe, corpos normais ao longe, voz grossa ao longe, e norma clássica masculina ao longe…É UMA HECTACOMBE, ELES ANDAM TRISTES, ELAS DESCONSOLADAS E O LUISINHO SEM SAÍDA A SER FORÇADO A IR PARA AS HIGHLANDS A VER SE AINDA ALGUMA GOSTA DE CACHIMBO CLÁSSICO!Estamos mesmo no fim do mundo.Ainda bem que há sobreviventes: Os camionistas do interior, que gostam, adoram e veneram as suas próprias esposas, mulheres fortes , feias, mal vestidas e peludas (mas boas na cama! e fieis, leais e dedicadas ao marido, e que cozinham divinamente)…mas sem a estética 100% feminina, delicatessen e afrancesada da minha amiga Jacques, quando esta fica horrorizada por eu lhe dizer que admiro e adoro aquela estética de homem que gosta de mulher gorda e feia e de mulher gorda que venera e adora o seu homem forte e que não rapa os pelos…!Sinto que a pré-história não é bem vinda ao mundo actual!MAS É BEM VINDO AO MEU MUNDO! DIGÁMOS QUE URSADO!!!!!

  9. dalby says:

    Este JP tem uma estética e estática deveras engraçada..quem o vê diz que não mata uma mosca, discreto, sossegado e muito militante e político, além de politizado e politizador..muito trabalhinho social, muita fraternidade, sindicato e obras, tumtumtum para trás e para a frente, uma família sólida e bonita, mas de repente, quando aparece uma Jacques ou uma Malhoa na capa que nem a descoberta do caminho marítimo para a India o gajo passa-se! FICA COMPLETAMENTE SEDUZIDO PELAS IMAGENS FORTES EROTICIZADAS DAS BELAS MULHERES CHEIINHAS! AINDA VOU FAZER UMA TESE SOBRE ELE: «O Sindicalismo português militante e as brôas de mel na Pos Modernidade Canelense!».Hei-de conseguir descobrir se ele gosta mais destas formas arredondadas perigosas, quais Evas tentando Adões com maçãs voluptuosas, do que o «intocável» horário de sábado das 16h para jogar futebol na insupseita e modesta Vila D’Este Futebol club!!!!!!!Se ele preferir e não sacrificar o horário do futebol às tais maçãs do pecado, ISSO É GRAVE, mas se ele sacrificar o sagrado sábado do futebol das 4h, às maçãs da tentação, então continua a ser na mesma grave!


  10. As aspas… sempre as aspas… como me fui esquecer disso :)Fico mais descansado assim…Até vou dormir melhor a pensar na Diana Chaves!(sem ofensa César, claro)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.