Ricardo Rodrigues, o deputado irreflectido

ricardo_rodrigues_0505

“Quando um estúpido faz algo de que se envergonha, diz sempre que esse é o seu dever”

Bernard Shaw, em “César e Cleopátra”

Alguma coisa está mal quando um deputado, seja ele qual for, por não gostar das perguntas de um jornalista, “exerce a acção directa e irreflectidamente retira” os gravadores de jornalistas. Neste caso da revista Sábado. O deputado Ricardo Rodrigues explicou assim, com a citação indicada, o seu gesto de retirar da mesa os aparelhos de gravação que estavam a ser utilizados na entrevista que concedia à revista.

O caso aconteceu há dias. A Sábado divulgou-o hoje. Ricardo Rodrigues já comentou. Disse que se sentiu violentado pelas perguntas. Podia permanecer calado. Podia ter virado costas. Podia ter simplesmente abandonado a entrevista. Sentindo-se “violentado”, como referiu, só teria de sair da sala. Mas não. Resolveu de forma “irreflectida” retirar os gravadores, disse. Ora, como foi sem autorização, acaba por ser um furto ou uma apropriação ilícita, não?

E terá sido de forma irreflectida, digo eu, que, após cair em si, em vez de devolver os aparelhos, os manteve e até os anexou a um processo que diz ter sido entregue em tribunal. Num país com o nível da liberdade de imprensa do tipo da Coreia do Norte até poderia ser engraçado. Em Portugal é uma postura abjecta, própria dos holigans que habitam recintos desportivos e agridem e insultam jornalistas só porque os resultados da equipa não estão a agradar.

Comments

  1. maria monteiro says:

    devolver? qual quê … temos um gravador anexado a um processo …. pode ser que alguém se lembre de começar a falar lá pelo tribunal e… se não houver gravador disponível… este está mesmo à mão

  2. Carlos Fonseca says:

    No léxico jurídico de que tomei consciência a propósito da corrupção, talvez a acção do Dr. Rodrigues venha a ser considerada judicialmente apropriação ‘lícita’. O ‘ilícito’, para este tipo de gente, não existe. Palhaçada!

  3. Luís Moreira says:

    Este Rodrigues até já foi condecorado. Respeitinho…

  4. inquieto says:

    Gosta muito de se ouvir e não resistiu. Foi ouvir para casa….

  5. Maria da Luz says:

    Este tipo só..- pode ter que ser devolvido aos açores, já..
    socrates com amigos destes não precisa de inimigos.
    A assembleia da Republica tem que ter pessoas que a dignifiquem , e não gente desta,para tomar esta atitude alguma coisa tinha a pesar na consciência..Vá de volta e rápidamente,tenham vergonha…

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Ricardo Rodrigues, o deputado irreflectido: “Quando um estúpido faz algo de que se envergonha, diz sempre que es… http://bit.ly/9mGQO6 […]


  2. […] que é o mesmo Ricardo Rodrigues do caso irreflectido. Esta entrada foi publicada em política nacional com as tags Caso Camarate, […]


  3. […] que é o mesmo Ricardo Rodrigues do caso irreflectido. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.