Presidenciais: a luta continua!

0630_guangyiPara os meus lados as eleições correram muito mal para Manuel Alegre e muito bem para José Manuel Coelho.

José Manuel Coelho ficou no quase quanto aos 5% que lhe dariam direito a financiamento da campanha, mas na Madeira tem uma base para as eleições regionais que coloca toda a oposição ao PSD-M a olhar com cara de parva. Falta ver quem o vai acompanhar e aí temo o pior. Pode vir a ser a minha indigestão de votante mas para já foi bom: a azia do intelectual de esquerda, o militante com horror a pobre, está-me a compensar não haver 2ª volta.

O caso Alegre, e de muito do milhão de votos ter horror a Sócrates, pode terminar numa coisa estranha, uma espécie de derrota de pirro do Bloco de Esquerda. Saindo cabisbaixo das presidenciais, naquilo que interessa – as legislativas não se sabe quando – pode vir a capitalizar a aproximação ao que sobrava de esquerda no PS, os últimos alegristas, como de resto já sucedeu em Setembro. O problema é que pode vir ou pode não vir a. Nunca se sabe. Para já sabe-se que os eleitores do BE saem do rebanho, o que faz só faz bem à saúde da esquerda.

Francisco Lopes vai passar a aparecer mais vezes na televisão. Se será o sucessor de Jerónimo Sousa é tão irrelevante como, não havendo segunda volta, foi toda a  sua campanha: não fez crescer o PCP, e ainda tem o amargo de boca de ter  visto fugir para José Manuel Coelho os votos que contava pescar para os lados do BE.

Bem, e agora é dia 23, vamos lá ouvir as explicações sobre a casinha da Coelha. E talvez comece o julgamento de Oliveira Costa. Ou como se grita em agitpropês: a luta continua, cavaco para a rua.

Comments


  1. O PC sempre se saiu melhor que o Bloco.
    As ovelhas tresmalhadas do Bloco não fugiram para o Coelho, nem pensar nisso, fugiram para um ex-apoiante do Barroso e isso está a dar uma dor de barriga às elites de esquerda da capital (quer dizer, os que frequentam certos bares da capital).

    Agora pura matemática: nada=20,74 , BE+PS+MRPP=19,75 logo nada>BE+PS+MRPP

    Vai ser à volta desta equação que as análises vão ser feitas no Largo do Rato o que quer dizer que lá vai o Louçã de volta para o caixote do lixo da história de onde uns jornalistas amigos de uma boa erva e de uma ‘caixa’ sem trabalho o foram buscar.


  2. O PCP saiu-se muito mal nesta eleições: é comparar com os resultado de Jerónimo nas anteriores.
    Quanto à deslocação de votantes do BE, claro que alguns também foram para o Nobre, mas grande parte foi para o Coelho. O meu, por exemplo.


  3. O Jerónimo podia ser o nosso avôzinho. Até as velhotas das aldeias da Beira baixa gostavam dele. Os 7,1% do Lopes é o marcar da posição e significa o segurar do eleitorado comunista e é isso que eles pretendiam, isso e ver a cara de enterro do Louçã e do Portas (aquele porreiro, do Benfica).

    Quanto ao Coelho, por acaso ontem tinha colocado aqui a pergunta: Vocês gostam dele por ser ex-comunista ou por ser de extrema-direita?


  4. Essa da extrema-direita no início também me acautelou. Mas se fosse verdade pelo menos o PC e o BE tinham-na despejado durante a campanha.
    Quanto a ex-comunista não dei por nada. Ex-militante do PCP não tem que ser a mesma coisa. Para se ser comunista não é preciso ter cartão de sócio.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.