“As pessoas já não acreditam nos fatos”,

diz Chomsky. Em Portugal, começaram a acreditar. Quando? Em Janeiro de 2012.

Bilhete do Canadá – Iguais e perigosos

É fácil verificar que Rajoy e Passos são iguais como pentes produzidos em linha de montagem.  Não interessa espezinhar o país por conta duma clique alemã que domina a União Europeia, o importante é impedir a esquerda de governar ou de manter as suas posições. Esta novela da UE com a Direita vai acabar mal, se os povos atingidos pelo abuso não derem o providencial murro na mesa.

Ciudadanos e Podemos ” à porta ” do governo espanhol

espanha

A sondagem do ” El Pais “, publicada hoje, relativa às eleições gerais espanholas marcadas para 20 de Dezembro é muito interessante comparada com os resultados das últimas eleições legislativas em Espanha.

Esta sondagem dá uma perda de mais de 80 deputados para o PP do actual presidente do governo, Mariano Rajoy. O PSOE, de Pedro Sánchez, também aparece em perda, mas mais moderada, com menos 10 a 15 deputados.

Mas a grande surpresa são os dois novos partidos, os Ciudadanos, de Albert Rivera, que poderá chegar quase aos 90 deputados e o Podemos, de Pablo Iglesias, que poderá ter mais de 45 deputados. A mesma sondagem diz-nos que o conjunto dos outros partidos de esquerda poderão alcançar 40 deputados.

[Read more…]

El diccionario de Griego

Uma excelente crónica de Juan Cruz.

Yasmina Reza

sem papas na língua, numa entrevista sumarenta no El País.

yasmina_reza
© Pascal Victor

Lost in translation

Relativamente à palavra do dia, vejamos aquilo que se encontra no original

EL pais ES

e aquilo que se encontra na tradução

EL pais EN

É pena. Contudo, aprendemos a lição: a versão em inglês do El País não é de fiar.

«La ostentosa Portugal»

Quero agradecer à nossa leitora Alexandra a informação dada sobre a seleção portuguesa através do seu comentário ao post «Já ganhámos!». Ela escreveu “Desde cá, vê-se assim:…”. Ou seja, como estamos a ser vistos pelos nossos vizinhos espanhóis, também eles em crise e a pedir ajuda internacional.

Alexandra enviou-nos o link para o jornal El País online de ontem, dia do jogo com a Alemanha. Pode ler-se, por exemplo, e tento traduzir: “O conjunto luso hospedou-se no hotel mais caro do torneio, desatando a indignação de um país sumido numa grave crise económica. (…) gastaram o dobro de Espanha, mais austera. (…) Portugal nunca ganhou nada como seleção”. Vale a pena ler a notícia.

No Dia de Portugal, há que refletir sobre este defeito do português: a mania do exibicionismo (ou ostentação). Fica-nos mal. É uma mentira que se conta…

Faltam 431 dias para o Fim do Mundo

Enquanto lá fora vamos conhecendo a realidade económica nacional, nós por cá continuamos a discutir casos judiciais. Não que estes sejam menos importantes que aqueles mas a situação está a ficar negra, muito negra e a verdade é só uma:

Os nossos dirigentes máximos não são capazes de governar o país. Se isto fosse uma empresa privada e um país civilizado, já estavam todos ou em casa ou na cadeia…

Homens-livro

Os fãs de "Fahrenheit 451" encontrarão hoje uma entrevista muito interessante a Ray Bradbury nas páginas do El País, na qual faz uma defesa apaixonada das bibliotecas e dos livros em papel. Da adaptação ao cinema realizada por François Truffaut