Paris à nossa espera

wlhoxkey parisA selecção nacional masculina de hóquei em campo parte este sábado para Paris, onde vai aterrar pelas 09h30 (voo TP452), a fim de disputar a segunda ronda da Liga Mundial. Se já foi um feito, um marco histórico, o apuramento para esta fase, ultrapassá-la seria um milagre. Todos sabemos, no entanto, como os milagres estão caros!

Mas vamos lá por partes: os 110 pontos que Portugal tem, correspondentes à 50.ª posição num ranking que contempla 73 países, vão ser postos em causa pelos 1 698 da Bélgica, 9.ª classificada, com quem se bate no dia 6 de Maio, pelas 13h00; no dia seguinte, será a vez de defrontarmos, pelas 18h00, a França, que, para além de jogar em casa, está em 17.º lugar, com 953 pontos; Portugal descansa na quarta-feira, voltando a jogo no dia 9 de Maio, pelas 13h00, com o Canadá, 1 139 pontos, 14.º lugar mundial. À laia de informação, diga-se que o 1.º classificado do ranking masculino, a Alemanha, tem 2 528 pontos. [Read more…]

Boa tarde, Fófó

adl vs cfbO meu amigo Sidónio Nobre, uma dos grandes entusiastas do Futebol Benfica, o popularíssimo Fófó, está num sino. Mercê da conjuntura de resultados da 10.ª jornada, exemplarmente a pesada derrota da AD Lousada, clube que tem dominado o hóquei nacional, frente ao CF União de Lamas, a equipa lisboeta está na frente do Nacional sénior masculino, depois de vencer o Lisbon Casuals HC.

Os lousadenses desceram ao segundo lugar, num pódio onde continua o Sport Clube do Porto, a grande revelação da prova pela positiva.

Pela negativa, os históricos da Académica de Espinho não vão além do 7.º posto.

Hora azul no Restelo

Imagem

Começa hoje, ao meio-dia, o Europeu feminino de clubes em Hóquei de Sala (Challenge), que se realiza em Lisboa, no Pavilhão Acácio Rosa. A equipa anfitriã, “Os Belenenses”, defronta as campeãs galesas do Howardian LHC. Às 17h00, é a vez de entrarem em campo com as húngaras do Agyse. [Read more…]

“Lisbon Casuals” salvam fim-de-semana de luto

Num fim-de-semana trágico para o hóquei português, que perdeu, na sexta-feira, um dos seus servidores mais abnegados, Bernardino Alves, Dino para a família hoquista, a AD Lousada não foi feliz na participação no Europeu de clubes na variante da Sala e ficou em último lugar em Viena de Áustria. Feliz, está de novo o Lisbon Casuals HC, que, depois de vencer, há duas semanas, o Nacional masculino de sub-18, conquistou agora o título nacional em seniores femininos, prova que se disputou no Pavilhão da Boavista, em Lisboa.

Imagem

Bernardino Alves pertencia ao quadro de seccionistas do Grupo Desportivo do Viso, era um apaixonado pela modalidade, pelo clube e um dos maiores conservadores do pavilhão gimnodesportivo que é uma das infra-estruturas mais importantes do popular clube de Ramalde. A saúde do Dino deteriorou-se em definitivo durante o Nacional de sub-18, disputado no “seu” pavilhão, e no qual exerceu as funções de Juiz. Foi ali que caiu inanimado, e os médicos não conseguiram parar a irreversível caminhada para o outro lado da vida, numa luta que durou duas semanas de internamento. Paz à sua alma.

Em homenagem ao seu seccionista, o GD Viso suspendeu a participação nas competições durante o fim-de-semana.

A AD Lousada, como dissemos, não foi feliz na viagem a Viena. [Read more…]

Sem tempo para festejar

Imagem

A AD Lousada quase não teve tempo para festejar o hexacampeonato conseguido no passado fim-de-semana. Com efeito, já hoje, daqui a pouco, às 9h30, sobe ao Postsportshalle de Viena de Áustria para iniciar a participação no NAVAX Eurohockey Indoor Club Trophy.

No primeiro duelo, os portugueses defrontam os ingleses do East Grinstead; às 14h30, defrontam o HC Minsk , campeão da Bielorrússia; e, amanhã, às 9h10 fecham a participação na fase de grupos com os escoceses do Grove Menzieshill.

ImagemA partir daí, os jogos serão cruzados com a outra série em função dos resultados desta primeira fase, sendo que desse grupo constam os campeões da Áustria, Ucrânia, República Checa e Croácia. É caso para dizer que “venha o diabo e escolha”!

Habituados a vencer intramuros, tendo conquistado nove dos dez últimos campeonatos, os rapazes do Vale do Sousa têm agora pela frente um desafio bem mais ousado.

Na pessoa de Bruno Santos, capitão, treinador e máximo goleador, concentramos, como líder do grupo, as esperanças daqueles para quem o hóquei é a sua modalidade de eleição.

Quantos são?

ImagemO Campeonato Nacional de Hóquei de Sala, que conheceu, no passado fim-de-semana, a fase final relativa à época 2012/2013, contou, nestas jornadas decisivas da prova, com a presença dos clubes que monopolizaram os títulos de campeão desde 1993/1994.

De facto, a Associação Académica de Espinho, vice-campeã em Valongo, venceu de 1993/94 a 1995/96, de 1998/99 a 2002/03, e em 2006/07; O Sport Clube do Porto, que repetiu o 5.º lugar da época passada, foi campeão nas épocas 1996/97 e 1997/98.

Falta a Associação Desportiva de Lousada, que é o primeiro hexacampeão da modalidade, lugar que não divide com ninguém desde 2007/08, depois de já ter vencido de 2003/04 a 2005/06. [Read more…]

De “clube do ano” a campeão

ImagemO Lisbon Casuals Hockey Club, de Cascais, soube honrar a distinção concedida em 2012 pela Federação Portuguesa de Hóquei, que o galardoou como clube do ano (“O prémio “Clube do Ano” é atribuído ao Lisbon Casuals Hockey Club, segundo os critérios definidos pela Federação Europeia de Hóquei (EHF), o qual será indicado pela FPH ao Club Award EHF. Entre os vários critérios definidos, o clube foi um dos que registou maior crescimento no número de atletas, e o único a participar em provas nos seis escalões existentes na modalidade”) e, no fim-de-semana passado, conquistou o seu primeiro título de Campeão nacional de sub-18.

Aconteceu no Porto, no Pavilhão do Viso, e os lisboetas apenas deixaram fugir o título de melhor marcador (João Basílio, do CAMIR, de Mirandela). O Lisbon Casuals HC venceu os quatro jogos da fase final concentrada, e só outra equipa, para nós a grande revelação, os transmontanos do CAMIR, deu mostras de poder incomodar os novos campeões nacionais. O jogo entre estes candidatos foi dramático.

Os internacionais Miguel Ralha (que subtileza, que classe) e André Rosa (o omnipresente guardião azul) venceram os prémios individuais de MVP do torneio e melhor guarda-redes, respectivamente. Recorde-se que André Rosa tinha sido eleito “voluntário do ano” pela FPH, numa prova de que no clube se ensinam as qualidades do verdadeiro desportista, desde logo a disponibilidade.

Bom dia, Praga

Imagem

Portugal encerrou a sua participação no europeu feminino de sub-21 com um empate. Portugal e Turquia, convidados após desistências das titulares dos lugares no Championship, a divisão da elite europeia, aproveitaram a oportunidade de se mostrar, mas só as turcas conquistaram, em campo, o direito à glória.

Portugal, que perdeu naturalmente com a República Checa (3-0) e Polónia (2-0), respectivamente medalhas de bronze e de prata em 2011 e que vão disputar mais tarde a final deste europeu, acabaria por vencer a Suécia (sétima classificada em 2011), naquela que foi a primeira vitória das linces numa Divisão A. [Read more…]

Uma portuguesa dirige a final

A lisboeta Ana Faias, a apitar a sua quarta prova na República Checa, foi escolhida para dirigir a final de Praga, do Europeu feminino de sub-21 .

Nos três jogos que já leva nesta prova, foi acompanhada no Áustria – Turquia por Karzhevik (Bielorrússia); no República Checa – Polónia, por Kovaleva da Rússia; no Rússia – Áustria, por Ozturk da Turquia.

Logo, pelas 13h30, fará equipa com a alemã Blasek no jogo entre a Polónia e a República Checa (Ana Faias já tinha dirigido o jogo entre estas selecções, na primeira fase), que encerra a prova e decide o novo campeão europeu feminino de indoor.

Imagem [Read more…]

Meninas, a hora é vossa!

Imagem

As meninas da selecção nacional de sub-21 de hóquei de sala iniciam hoje, em Praga, pelas 13h00, a participação portuguesa no Europeu desta variante e defrontam a República Checa. Mais tarde, pelas 16h50, será a vez do confronto com a Suécia.

Na antevisão, concedida á fphtv, Hugo Santos, o seleccionador nacional, confessa-se surpreendido pelo que as suas atletas fizeram durante a preparação e aponta para que, tendo cinco atletas que já participaram na competição anterior, essa experiência vá ajudar aquelas que pela primeira vez envergam a camisola das quinas.

Mas vamos lá ver: este conjunto, que tem como atleta mais velha a única jogadora com 19 anos, é sobretudo uma selecção para o futuro. Na realidade, com seis atletas de 18 anos, uma de 17, uma de 16 e três de 15 anos, a tarefa presente será muito dura, mas o futuro poderá ser risonho.

ImagemIniciando a competição contra a selecção medalhada de bronze em 2011, o resultado vai aquilatar do que estas meninas são capazes, motivadas pelo que os rapazes fizeram em Bratislava, e todos conhecemos estas rivalidades de género. Se correr bem, o jogo com a Suécia (que em 2011 ficou apenas um lugar acima de Portugal) pode trazer-nos a primeira grande alegria do campeonato. O ideal seria trazer-nos a segunda, mas…

Diga-se, entretanto, que as atletas não serão as primeiras portuguesas a entrar em competição. A estreia cabe a Ana Faias, a árbitra internacional lusa que vai dirigir, pelas 11h40, o Áustria-Turquia.

Mas há outra portuguesa nomeada para Praga: Dulcineia Fernandes vai exercer as funções de juiz.

Exemplo de capitão

Imagem

Para o bem e para o mal, ainda tenho do desporto – o autêntico – a visão romântica de que é uma referência de valores: entreajuda, solidariedade, liderança, trabalho de equipa, disciplina, amizade, respeito e humildade, e mais umas dezenas de outras qualidades que poderíamos acrescentar.

Mas não sou ingénuo ao ponto de acreditar que o desporto, na sua pluralidade, ainda se rege pelo velho padrão de “mens sana in corpore sano”, porque, desde logo, me assaltam evidências de que o desporto sempre foi usado desde a antiguidade para outros fins que não este.

Penso, no entanto, que, se conseguirmos fazer vingar algumas das qualidades, valores e referências, poderemos ter uma melhor sociedade, mais justa e interdependente, responsável.

O desporto pode ser, mesmo, uma das maiores menções de cidadania. [Read more…]

Portugal é campeão europeu

Imagem

Treze anos depois, Portugal repetiu Copenhaga e sagrou-se campeão europeu de hóquei indoor, no escalão de sub/21. Pelo caminho, ficam cinco goleadas e um jogo contra o rival directo que, mesmo assim, deu uma vantagem de dois golos (3-1).

Portugal iniciou a prova com uma vitória sobre a Eslovénia – 9-3 – com golos de Ivo Moreira (4), David Franco (2), Tavares, Rodrigues e Kodde. No jogo seguinte, contra Gales, o resultado de 9-1 revela a enorme diferença entre os contendores. Marcaram David Franco (5), Ivo Moreira (2), João Penetra e Hélder Gonçalves.

No segundo dia, Portugal encontrou e desfeiteou a Hungria por 6-2 (golos de David Franco (3), Tavares (2) e Helder Gonçalves) e cilindrou a selecção anfitriã, a Eslováquia, por 9-1 (golos de David Franco (5), Ivo Moreira (2), Tavares e Rodrigues).

Com estes resultados, Portugal caminhava, com passos seguros, para a elite europeia.

Hoje, de manhã, a Dinamarca aparecia em último lugar e no caminho directo de Portugal. Uma nova goleada, desta feita por 12-2, com golos de Franco (2), Teixeira (2), Moreira (2), Rodrigues (2), Sousa e Gonçalves.

Pela tarde, chegaria a glória. Portugal defrontou o seu rival directo e, depois de ao intervalo estar a vencer por 3-0 (golos de Luís Tavares – 2 e David Franco), controlou no segundo tempo, apenas permitindo o golo de honra dos turcos.

Portugal, em primeiro, e Turquia, em segundo, ascendem à elite da Europa e disputarão a Divisão A (Championship) em 2014.

O ano que ainda há pouco começou vem no seguimento das esplêndidas participações de 2012, e Portugal está mais uma vez em evidência na Europa.

 Imagem

Força, rapazes!

Imagem

A Federação Portuguesa de Hóquei publicou na sua página do Facebook várias fotografias do local de estágio da selecção nacional de s/21 indoor que, em Bratislava, defenderá as cores de Portugal no Europeu da categoria.

A par do belíssimo e alegre ambiente que reina no grupo de trabalho, podemos ver que, por aqui, não se tratam mal os dinheiros públicos. ImagemUma sala na sede federativa serve de camarata aos melhores, àqueles que se habituaram a viver com pouco e, mesmo assim, não fazem cara feia. Não frequentam as parangonas dos jornais e outros media, não estagiam em hotéis de múltiplas estrelas, não têm quem, nas colunas sociais, lhes afague o ego.

Abraçaram uma modalidade pobre, amadora, sabem, por isso, que as mordomias continuarão a ser para os outros, os dos desportos ricos. Não obstante, pedem meças pelo orgulho que colocam quando representam as cores nacionais. E não se escondem! Mostram a todos que a humildade também pode ser o caminho para o sucesso. [Read more…]

Europeus à porta

O mês de Janeiro de 2013 é intenso para as selecções nacionais na variante indoor. Em ano de Europeu de sub-21, as equipas técnicas nacionais (a masculina, liderada por Rui Graça e Márcio Marques; a feminina, por Hugo Santos e Cláudia Fidalgo) já trabalham desde o início do ano com vista às competições que se disputam em Bratislava (masculinos), de 18 a 20, e Praga (femininos), de 25 a 27.

Imagem

Portugal, na deslocação à Eslováquia, terá pela frente, para além dos anfitriões, a Dinamarca, Turquia, Gales, Hungria e Eslovénia.

As linces, colocadas na série B, fugiram ao contacto com as anfitriãs, mas, mesmo assim, têm confrontos dificílimos: Polónia, República Checa e Suécia. A outra série juntou a Áustria à Bielorrússia, Rússia e Turquia.

Imagem

Portugal premiado pela Federação Internacional de Hóquei

ImagemPortugal e a estrutura que deu corpo à I Ronda da Liga Mundial, disputada em Lousada, acabam de vencer a competição organizada pela Federação Internacional de Hóquei para distinguir a melhor organização em termos de branding e promoção, ultrapassando cidades como Praga (República Checa), Singapura, Cardiff (País de Gales), Acra (Gana), Port of Spain (Trinidadade e Tobago), San Diego (EUA), Doha (Catar), Suva (Ilhas Fiji) ou Kuantan (Malásia), numa primeira fase da prova que englobou 34 selecções masculinas e 28 femininas. [Read more…]

Em Paris, é a doer!

FIH_WL_R2_FaceBook_Cover_Image

Portugal, que em Lousada conseguiu uma brilhante qualificação para a segunda etapa da Liga Mundial, já conhece os adversários que vai encarar em Maio de 2013, no estádio de St. Germain-en-Laye, Paris.

Agora, é mesmo a doer. De facto, os linces iniciam a participação contra a Bélgica, 9.º classificado do ranking da Federação Internacional de Hóquei (FIH), a 6 de Maio; a 7 de Maio, defrontam a França (17.º); no dia seguinte, é a vez do Canadá (14.º); a Polónia (19.º) será o penúltimo adversário. Repetindo o concorrente que venceu a etapa de Lousada, os portugueses fecham a prova contra a Escócia (23.º). Recorde-se que Portugal é 50.º no ranking mundial. [Read more…]

O hóquei está de luto

Armindo de Vasconcelos

Faleceu uma das figuras de referência do hóquei português. José Estêvão Vasconcelos Machado foi um dos maiores lutadores que a modalidade conheceu, e deixou-nos ontem. Não tivesse falado recentemente com o filho, o vice-presidente reeleito para o executivo da FPH, José António Machado, e a notícia ter-me-ia apanhado ainda mais de surpresa. Mas, por entre lágrimas de saudade antecipada, o Zé António disse-me que o pai estava em estado terminal e só se aguardava o desenlace final.

Mesmo assim, hoje de manhã, ao abrir a minha página do facebook, a notícia estava lá, o escudo da Federação a negro. Não conseguimos nunca, mesmo que seja esperado, encarar a morte doutra forma, que não esta: o enorme vazio que fica quando parte alguém que nos marcou. Mesmo que, por fé, acreditemos na vida eterna, mesmo que, por amor à poesia, encaremos que esta partida é uma libertação da lei da morte, como escreveu Camões. Somos humanos, e esta marca indelével de fragilidade acompanha-nos e revela-se, exactamente, em momentos como este, em que o desconforto de mais um lugar vazio na nossa vida se confirma. [Read more…]

33 foram os anos

Armindo de Vasconcelos

Este grande Senhor, Prof. Doutor José Eduardo Lima Pinto da Costa, mui ilustre membro da sociedade civil portuense e figura incontornável desta cidade e do país, notável do ensino e da comunicação, e insigne vulto da medicina forense e da intervenção cívica, era, há 33 anos, Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Hóquei. Na hora de passar o testemunho a outro histórico da modalidade, Prof. José Alípio Ferreira de Oliveira, não escondeu a emoção quando, homenageado pela Selecção Nacional na V Gala do Hóquei, lhe foi entregue a camisola “33” de Portugal. [Read more…]

Hoje, agradeço eu!

Armindo de Vasconcelos

Este espaço plural, emotivo, de intervenção cívica e social, onde publicam as minhas coisinhas sobre o hóquei em campo a par de autênticos monumentos académicos, onde me deram o privilégio de mostrar uma modalidade que é das mais amadoras do país e onde, por isso mesmo, se escrevem todos os dias lições de sacrifício e doação, onde convivo através das letras com gente que sabe o quer e sabe dizê-lo de forma superlativa, onde gente com ideias e ideais debate acaloradamente com gente de outras ideologias e praxis, onde se usa a palavra como arma e se usa a palavra como aconchego ou puro devaneio literário, onde a emulação se constrói e o deleite pode levar-nos do riso às lágrimas, este espaço plural e emotivo, interventivo e solidário, permite-me receber hoje o prémio de “Jornalista do ano” pela Federação Portuguesa de Hóquei. E, se sei que não foi só pelo que escrevo aqui que me outorgaram esta “comenda”, sei, no entanto, que foi também pelo que me deixaram escrever aqui que este prémio me é dado. Sobretudo porque me foi consentido que abrisse mais um espaço onde a minha modalidade se escreve. [Read more…]

Dirigentes de prestígio avalizam novos corpos gerentes

Armindo de Vasconcelos

 

Marijke Fleuren e Jorge Alcover vêm a Portugal no sábado, dia 17, para a tomada de posse dos novos corpos gerentes da Federação Portuguesa de Hóquei, ciclo olímpico 2012/2016.

A holandesa, Presidente da Federação europeia, visita Portugal pela primeira vez e vem auscultar a realidade portuguesa, nomeadamente ao nível da organização de eventos internacionais, que têm tido enorme sucesso no mundo do hóquei. O facto de aproveitar a tomada de posse para visitar o nosso país pela primeira vez é um claro sinal de estímulo ao novo Executivo e aos novos ventos que se avizinham, e que a modalidade encara com imensas expectativas. [Read more…]

Joana Gonçalves é a nova Presidente da FPH

Armindo de Vasconcelos

A lisboeta Joana Gonçalves, candidata única à presidência da Federação Portuguesa de Hóquei para o Ciclo Olímpico 2012/2016, foi escolhida para o cargo na eleição da passada sexta-feira.

José Alípio de Oliveira, que foi um dos mais destacados presidentes da FPH e tem como momento alto da sua participação cívica e desportiva a chefia da missão olímpica portuguesa a Atenas, foi eleito Presidente da Assembleia Geral, cargo que também ocupou de 1993 a 1995.

A responsabilidade pelo Conselho de Arbitragem foi entregue a Patrícia Castro; António Paes de Faria será o presidente do Conselho de Disciplina; José Carlos Vilaça Fernandes responde pelo Conselho de Justiça; a BDO % Associados, patrocinador da FPH, mantém-se como Fiscal Único (Conselho Fiscal).

Lista completa dos elementos que constituem os corpos sociais.

Foto: fphoquei.pt

Sopram ventos de mudança na Federação

Armindo de Vasconcelos

Joana Gonçalves acaba de assumir oficialmente a candidatura à presidência da Federação Portuguesa de Hóquei para o ciclo olímpico 2012/2016.

Aos 28 anos, esta licenciada em Ciências do Desporto pela Brunel University, de Inglaterra, que ostenta ainda uma pós-graduação em Gestão Desportiva pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto e era a responsável pelos núcleos do Desporto Escolar tutelados pela FPH, vai ser, tudo o indica, a próxima Presidente e será a segunda mulher a responder pela modalidade no seu mais alto cargo executivo.

Para além de ser o mais jovem candidato da história do hóquei em Portugal, Joana Gonçalves tem atrás de si uma carreira de atleta de 12 anos, é internacional, tem o curso de treinadora, é juiz nacional e internacional e, desde 2009, é funcionária do departamento Técnico da Federação como coordenadora e gestora do Hóquei no Desporto Escolar, colabora na organização e desenvolvimento competitivo e ajudou a preparar o Plano Nacional de Formação de Treinadores, IPDJ. [Read more…]

Liga Mundial: Portugal divide liderança com a Escócia

Armindo de Vasconcelos

Portugal ascendeu ao topo da classificação partilhada na Liga Mundial, ao vencer a Itália (4-2) na disputa da segunda parte que fora adiada de terça-feira, quando a chuva levou à suspensão do jogo.

O resultado era de 2-1, Portugal repetiu a dose do primeiro período e colou-se, na frente, à Escócia.

Só que, por força da vitória, no desempate por livres directos, de Gibraltar sobre a Itália, Portugal vê agora os gibraltinos, com quem se degladia no último dia da prova, como os grandes rivais na luta por um dos dois lugares com acesso à segunda ronda da Liga. [Read more…]

Liga mundial sob o signo da chuva

Armindo de Vasconcelos

A Liga Mundial começou sob o signo da chuva, mas a qualidade do piso sintético, que faz do complexo desportivo de Lousada um dos mais apetecíveis a nível internacional, permitiu que se disputasse ainda o primeiro jogo da primeira jornada, no qual Gibraltar venceu Marrocos por 1-0, num desafio sem grandes motivos de interesse e em que os gibraltinos dominaram quase sempre. Ficou, aliás, patente a diferença de ritmo entre ambas as selecções: Gibraltar, com mais contacto internacional, ao ataque desde o início; Marrocos, acantonado no seu meio-campo e lançando tímidos contra-ataques.

[Read more…]

Liga Mundial é já amanhã em Lousada

Armindo de Vasconcelos

Portugal inicia amanhã, em Lousada, a sua participação na Liga Mundial, pelas 16h45, prova que, como já escrevemos, se disputa em Lousada até domingo. Pelas 14h30, teremos a “stickada” de saída do Gibraltar – Marrocos.

Numa acção promocional de grande escala, ímpar para a modalidade em Portugal, a FPH, através do seu site institucional e da página oficial da prova no Facebook, tem apelado activamente à participação da comunidade hoquista, socorrendo-se ainda da abertura concedida pelos espaços de informação da Lousada TV, Vale do Sousa TV e da MVM/RTV. [Read more…]

Selecção regressou de Barcelona

Armindo de Vasconcelos

Chegou ontem à noite a Portugal, vinda de Barcelona, a selecção nacional de hóquei em campo, que ali cumpriu um pesadíssimo programa de treinos e jogos de preparação para a Liga Mundial.

De facto, todos os dias, a equipa nacional acrescentava, a duas horas e meia de treino, um jogo. Dois deles, contra a equipa principal do colosso do hóquei espanhol, o Atletic Terrassa; outros dois contra a equipa B, o Vallès.

Da dureza do programa se ressentiram alguns atletas (William Rogerson, David Franco, Leandro Morais e Ricardo Silva), que deixaram o seleccionador Hugo Gonçalves praticamente sem soluções atacantes até final da preparação.

Quanto aos resultados desportivos, nada a fazer contra o poderio do Atletic: uma derrota por 4-0 e outra por 7-1, esta última quando Portugal já contava apenas com 12 jogadores de campo, sem grandes soluções por isso. [Read more…]

Hóquei em Campo: Portugal já trabalha para a Liga Mundial

Armindo de Vasconcelos

A selecção nacional de hóquei inicia hoje, sob o comando de Hugo Gonçalves, os trabalhos de preparação para uma participação condigna na Liga Mundial de Hóquei. A ronda que se realiza em Portugal começa a 25 de Setembro, em Lousada, e o seleccionado português vai defrontar a Itália, Gibraltar, Escócia e Marrocos. Apuram-se para a fase seguinte os dois primeiros classificados.

Aquando do lançamento desta nova prova, o catalão Leandro Negre, Presidente da Federação Internacional, afirmou um grande orgulho da modalidade por esta conquista de novos espaços, “um sonho durante muito tempo, mas que agora se torna realidade”.

A prova vai disputar-se ao longo dos próximos dois anos, e qualificará para a World Cup e para os Jogos Olímpicos. Vai envolver um número nunca visto de nações participantes. Só a primeira ronda engloba 11 torneios, com 60 equipas, numa prova que será de estreia internacional para 19 países. Leandro Negre, no discurso de apresentação, diria ainda que “nunca uma competição de hóquei comportou tão grande número de países e atletas”, anunciando que “cerca de 2 000 atletas farão parte do processo de apuramento para os jogos do Rio de Janeiro”.

Segundo o departamento de estatística da FIH, aqueles 2 000 atletas irão acumular cerca de 6 000 internacionalizações e terão, então, a oportunidade de, pela primeira vez, acederem à conquista de pontos no ranking mundial individual.

Portugal tem, assim, um novo momento para se afirmar internacionalmente.

Hóquei em Campo: Maré alta dos portugueses continua

Armindo de Vasconcelos

Bernardo Fernandes é, desde o passado dia 1, o coordenador da formação de um dos clubes históricos do hóquei holandês, o Venlose HC, da cidade de Venlo, que faz hoje 84 anos. Há menos de um ano na Holanda, este português de Cascais é, aos 26 anos, a mais recente jóia da coroa do hóquei português.

Chegado a Venlo em Outubro de 2011, para realizar um estágio de quatro meses no âmbito do seu projecto pessoal, iniciou-se a treinar e a jogar no Venlose HC.

Começou, de seguida, a treinar uma equipa feminina de sub-18, passou para os sub-16 e sub-18 masculinos e terminou a época como treinador assistente da primeira equipa feminina.

É então que surge o convite parra coordenar a formação, “ um desafio muito grande se atendermos ao facto de durante a temporada ter de coordenar os treinos, workshops, clinics, entre outras coisas, de 32 equipas na formação, nos quais estão envolvidos aproximadamente 40 treinadores”. E continuará como treinador assistente da primeira equipa feminina. [Read more…]

Hóquei em Campo: Liga Mundial já tem calendário para Lousada

Armindo de Vasconcelos

É no belo complexo desportivo de Lousada que vai disputar-se a primeira ronda da Liga Mundial, cujo calendário acaba de ser dado à estampa.

Assim, no próximo dia 25 de Setembro, Portugal defronta a Itália, às 16h45. No dia 27, à mesma hora, mede forças com Marrocos. No dia 29, pelas 16h15, é a vez de jogar com a Escócia, para fechar a 30, pelas 15h30, com Gibraltar.

[Read more…]

Hóquei em Campo: Carla Santos vence projecto europeu

Armindo de Vasconcelos

A Federação Europeia de Hóquei (FEH) lançou, recentemente, um novo projecto de dinamização da modalidade, a que chamou “Get and Give”. Pretende a tutela europeia da modalidade “dinamizar o fluxo de informação, sobretudo na área de eventos” (torneios, festivais e seminários, oportunidades de emprego para atletas, treinadores e árbitros) ou, simplesmente, a permuta de algo mais prosaico como equipamentos, sticks ou campos de hóquei.

O desenvolvimento desta ideia foi entregue ao Comité de Comunicação da FEH, de que faz parte o incansável Marcos Castro, responsável também pela comunicação e marketing da Federação Portuguesa de Hóquei.

Pretendia-se “uma imagem forte, apelativa e de fácil identificação para o público no que concerne à captação da mensagem para que foi idealizada”.

A vencedora deste projecto de design foi a jovem portuguesa, Carla Santos, colaboradora, ela também, da FPH e que, ainda recentemente, deu corpo ao elogiadíssimo logótipo do Campeonato da Europa, realizado no Jamor.

Os jovens portugueses continuam, desta forma auspiciosa, a dar cartas a nível europeu, razão por que aqui deixamos o merecido registo da vencedora e da sua imagem vencedora.

Fotos: fphoquei.pt
%d bloggers like this: