O 13 de Maio ou as patranhas da Igreja


Faz hoje 92 anos que, alegadamente, três pastorinhos viram Nossa Senhora na Cova da Iria. Ao que parece, Nossa Senhora contou três segredos aos pastorinhos.
Os crentes que me perdoem, mas sempre achei isto uma enorme patranha. Nossa Senhora em cima de uma azinheira? Ora, ora…
Pessoalmente, e ainda ontem dizia isto a um amigo, acredito mais que os pastorinhos se tenham esquecido das horas por andarem na brincadeira, como crianças que eram. E chegaram atrasados para o jantar.
E depois, claro!, para não levarem na tarraqueta, como diz o meu sogro, tiveram de inventar uma «estória». Que tinham visto Nossa Senhora! E logo Nossa Senhora! Ah, ah!
Não tinham fraca imaginação, os ganapos, não senhor…

Comments


  1. Eu conheço duas dúzias de gajos que se vêm este post, penduram-te de cabeça para baixo numa azinheira!

  2. Adalberto Mar says:

    Não é por aí…eu penso que é preciso sentir e não exigir, precisar e não demitir..passar-se pelas dores da vida…eu compreendo quem não acredita, compreendo muito bem, é duro acreditar com a bruta realidade a pedir por MAIS, mas nada posso fazer ou dizer..é uma sorte poder sentir e acreditar..só isso..sem igreja, sem livros, só com fé, só com humildade, espiritualidade, misticismo e cristianismo verdadeiro no sangue..sem perseguição-somente com coração.adalberto

  3. Adalberto Mar says:

    LUISINHO DO AREEIRO: Nada tens de fazer. Até gosto da maneira como nos textos tratas as mulheres: com amabilidade, ELEGÂNCIA, DESEJO PURO e doçura, mas deves tratar de igual forma as pessoas que não gostam de mulheres, e das mulheres que não podem gostar de homens. Vai a Fátima a pé como compensação, (esta é a brincar pois eu sou crente e bem crente!)PARA REDENÇÃO PODEMOS TODOS MARCAR UM ENCONTRO E COPOS NO CAFÉ-LUSITANO BAR, NA RUA JOSÉ FALCÃO 137, PORTO. É O MELHOR E MAIS BONITO BAR, NÃO DO PORTO, MAS DE TODA A EUROPA. É DO MEU QUERIDÍSSIMO JOÃO MADUREIRA E DO DONO DA LEGENDÁRIA DISCOTECA INDÚSTRIA DA FOZ DO PORTO. O bar tem mulheres maravilhosas, tem montes de homens gays, de bears, de lesbian-chics e de gente da moda. Mas é um bar popular, onde todos têm entrada, novos e maduros. É UM BARÓMETRO DA CIDADE e do que ela respira à noite. Não te posso dizer que é o meu ambiente favorito, eu prefiro os ambientes underground de Madrid, Barcelona e Atenas, nem mesmo de NOva Iorque apreico..Sou mesmo esquisito em gostos de night life..mas vou ali porque sou amigo e quase família do João desde o tempo da Faculdade. Além de mais o João é meu amigo não há 15 dias mas há mais de 20 anos, como da família como já te disse e por isso vou lá, com um amigo francês que adora aquela salada de frutas!! E, se lhe falo, (janto com ele todos os fins de semana) e com o grupo dele, vocês entram todos e acredito que te apaixonas imediatamente pela Nilda, uma louraça viva e vivida à entrada…a porteira…ORA AQUI ESTÁ UMA PROVA PARA TE REDIMIRES ! E PROMETO-TE QUE SERÁS TAMBÉM CONVIDADO PARA A COISA GIGANTE QUE AI VEM NO FINAL DO MÊS: A «ZOOM DISCO-CLUB GLTS QUE VAI ABRIR AO LADO DO ATENEU COMERCIAL DO PORTO» também do João, COM MUITA LUZ, LOUCURA, SENSUALIDADE E MODELOS DE CORPO QUASE-QUASE NU TOTAL, (O QUE ESTÁ TAPADO SERÁ MOLHADO COM ÁGUA PARA SE VER, MAS A LEI OBRIGA A ALGO ESTAR TAPADO!) A ZOOM-club disco É UM CONCEITO NOVO QUE O JOÃO, ESTE ARTISTA, DECORADOR, PINTOR, BUSINESSMAN, VIAJANTE E EX DONO DO FOZKICE, DO BUSTOS DOS ANOS 80, E DA MARAVILHOSA CASA DE DECORAÇÕES ANTIQUÁRIO «VINHÁTICO» TEM DADO À NOSSA CIDADE..SERIA UM ENCONTRO EM GRANDE..PARA OS QUE ADORAM MULHERES BONITAS, PARA OS QUE ADORAM HOMENS MODERNOS E DESLUMBRANTES, PARA OS QUE GOSTAM DE ESPECTÁCULO, DE LUZ E DE DANÇAR…E PARA QUEM GOSTA QUE A VIDA E A LIBERDADE TRIUNFE!THINK ABOUT IT BABYDALBY

  4. Luis Moreira says:

    Vamos a isso Adalberto!Mas “r” a componente humana destes fenómenos é que são extraordinários.Nós pensamos sempre na azinheira e no sol a dançar,mas a fé de milhões de pessoas que não encontram outro conforto deve fazer-nos pensar!É a parte humana, não a parte divina que é o verdadeiro milagre!

Trackbacks


  1. […] hoje o regresso a casa. Para o ano, lá estarão de novo. Não chegando a perceber que embarcaram na maior patranha que a história da Igreja Católica já […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.