O país não cresce com os governos PS

O PS tem duas atávicas verdades: O Estado comanda e intervem em tudo e a iniciativa privada é apenas tolerada.

Daqui resulta que o país não cresce, a economia não cria riqueza. A realidade está aí, o PIB sempre divergiu com os restantes países da UE pela mão do PS.

Não crescendo o PIB não cresce a riqueza, não havendo riqueza não há oportunidades para todos, não havendo oportunidades para todos o país torna-se mais injusto.

O PS presioneiro deste círculo vicioso tende a engrossar ainda mais o Estado, aumentando a despesa, o que origina o aumento dos impostos. Chegados a este limite, em que já não pode aumentar a despesa e os impostos, recorre ao crédito cada vez mais dificil e cada vez mais caro.

É a situação actual, a situação em que estamos!

Sem o aumento da produtividade, sem o aumento da inovação, sem o desenvolvimento de mercados com regras mas competitivos, o nosso destino é manter-nos na cauda dos países.

E isto não se consegue com ciclos de Megaprojectos, com empresas “confortadas” com golden shares e em monopólio ou em Cartel, com a banca a ter tratamento de favor. Consegue-se com mais competitividade, com mais produção de bens e serviços transaccionáveis, com mais inovação.

O Programa do PS é mais do mesmo. O Estado em conluio com os grandes grupos económicos e com as empresas públicas toma conta de nós ! Por mim não, obrigado!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.